Um verdadeiro abismo do Flamengo para os seus rivais

REDAÇÃO RUBRO-NEGRA: Por Rafael Frizeiro Perez

No mercado financeiro, é rotineira a análise  das demonstrações financeiras. a fim de medir diversos fatores, como, por exemplo, a capacidade de liquidez, o percentual da dívida junto a terceiros etc.

Com os clubes de futebol, não seria diferente, principalmente pelo fato das agremiações recorrerem de forma costumeira às instituições financeiras para captação de empréstimo por diversas causas, na maioria das vezes, para cobrir dívidas vencidas, postergando, assim, uma nova, criando, consequentemente, uma dívida futura.

Neste caso, para uma captação por parte dos clubes, as instituições analisam diversas variáveis, dentre elas, uma análise criteriosa sobre as demonstrações financeiras.

CT do Flamengo reforçado, o Ninho do Urubu - Foto: Alexandre Vidal
Aqui no Redação Rubro Negra, vamos trazer alguma dessas analises, comparando os 4 maiores clubes dos Rio de Janeiro e explicando os valores encontrados.

Vamos demonstrar a Liquidez Corrente e a Liquidez Geral, parâmetros que servem para que possamos entender de forma simplista o seguinte:

Quanto dos valores identificados no passivo dos clubes (Obrigações para com terceiros), os clubes conseguiram pagar caso vendessem todo o ativo (Direitos contabilizados). A Liquidez Corrente leva em conta somente os valores a curto prazo no passivo (Obrigações com vencimento inferior a 12 meses) e ativos de liquidez imediata (neste caso, não são considerado bens como imobilizados, contas a receber com prazo posterior a 12 meses, dentre outros). Já na Liquidez Geral, são considerado todos os montantes contabilizados no ativo e passivo do clube, independente do seu prazo de liquidação.

A análise do valor encontrado é feito com base no seguinte parâmetro:

Maior que 1: Resultado que demonstra folga no disponível para uma possível liquidação das obrigações.

Se igual a 1: Os valores dos direitos e obrigações são equivalentes.

Se menor que 1: Não haveria disponibilidade suficiente para quitar, caso fosse preciso.

Como base, foram utilizados os valores de 2017 e 2018, conforme divulgados nos sites dos clubes.

Na liquidez corrente, vemos que nenhum dos clubes chegam a valor maior que 1. Tal índice é comum não se chegar a 1 nos clubes, principalmente dentro do cenário nacional, uma vez que, por exemplo, valores de transmissão de jogos de anos seguintes não constam no ativo circulante, as vendas de jogadores, que não são previsíveis, dentre outras entradas.

No caso do Flamengo, para o cenário dentro do estado, é um abismo em comparação aos seus rivais. Enquanto o Flamengo tem capacidade de pagamento das dívidas a curto, em prazo 0,43, o clube mais próximo, que seria o Fluminense, chega a 0,27.

Levando em conta todos ativos e passivos informados na demonstração financeira, o Flamengo chega ao sonhado “1”, ou seja, o clube conseguiria honrar todas as suas obrigações com direitos registrados que possui. Neste cenário, o Fluminense mais uma vez é o clube que chega próximo, porém, um pouco distante do Flamengo.

Nesta análise, o Flamengo tem um perfil mais favorável, principalmente pelo registro de atletas adquiridos nos últimos anos, isso porque a aquisição de um atleta se equivale a obtenção de um bem, esse, que tem valor passível de registro, pois se tem ideia do mesmo devido a recente aquisição pelo clube que vem a registrar.

Com esses números, é possível começar a entender a facilidade do Flamengo em captação de empréstimos junto a instituições financeiras, já que o clube faz captações a fim de capital de giro tão somente, o que reduz também o risco de calote e, consequentemente, os juros da operação. Em contrapartida, os outros clubes sofrem para conseguir organizar a mesma operação, pois os números que apresentam aos bancos são negativos, o que aumenta o risco de não retorno do empréstimo para os mesmo.

Deixem suas dúvidas, críticas e/ou sugestões a respeito do tema e, em breve, traremos novas análises mais pedagógicas para que o torcedor possa entender um pouco mais o universo financeiro dos clubes e ter ciência da situação do Mais Querido, tanto de forma individualizada, como perante seus rivais.

Saudações Rubro Negras.

No caso do Flamengo, para o cenário dentro do estado, é um abismo em comparação aos seus rivais.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/xresenhacrf} {twitter#https://twitter.com/FlaResenhaNews} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget