Veja nova estrutura do Fla e os destaques das Categorias de Base

GLOBO ESPORTE: Cinco meses após sofrer com a maior tragédia de sua história, o Flamengo oferece aos jovens de sua base uma estrutura muito diferente dos contêineres nos quais os garotos do Ninho viviam até o incêndio do dia 8 de fevereiro deste ano, quando 10 jovens morreram em um incêndio. O GloboEsporte.com fez um raio-x de como funciona a formação dos atletas do clube, que mais recentemente revelou jogadores como Felipe Melo, Renato Augusto, Jorge, Lucas Paquetá e Vinícius Júnior, e do momento que vivem suas categorias sub-17 e sub-20.

Tendo como antigo lema a frase "Craque o Flamengo faz em casa", o clube possui hoje, em seu elenco profissional, 10 jogadores que passaram pelas categorias de base. Gerente de futebol de base, Eduardo Freeland falou sobre a motivação do departamento após os problemas enfrentados.

- Esta tragédia certamente foi o episódio mais forte e triste que todos nós já vivemos em nossas vidas profissionais. E o clube, desde então, tem cuidado com muito carinho de cada funcionário e atleta. Isso tem alimentado ainda mais em cada um de nós o orgulho de trabalhar no Flamengo, de ser Flamengo. E isso tem se refletido em um maior envolvimento de todos. As últimas revelações que performaram no profissional e que renderam mais de R$ 400 milhões nos últimos três anos, validam ainda mais a importância da base.

Ninho do Urubu
Após a tragédia no início do ano, quando os jovens ainda ficavam alojados em contêineres, o Centro de Treinamento George Helal (Ninho do Urubu) ficou fechado para menores de 18 anos por 68 dias, até o dia 16 de abril, quando os atletas da base voltaram a treinar no local. O pernoite, no entanto, foi liberado apenas em 24 de maio, 105 dias após o incêndio.

O Flamengo estima que pouco mais de 20 garotos estejam alojados no módulo anteriormente utilizado pelos profissionais e que tem capacidade para hospedar 50 atletas. São 24 quartos, a maioria duplos, todos suítes. Cerca de 110 jovens circulam durante o dia entre todas as categorias de base do clube, que disponibiliza para os meninos três campos de grama natural e um sintético.



Os treinamentos das categorias de 14 a 17 anos acontecem diariamente pela manhã, por conta dos compromissos escolares na parte da tarde. Aos hospedados no Ninho, o Flamengo oferece cinco refeições diárias: café da manhã, almoço, lanche, jantar e ceia. Dois monitores e um vigia acompanham o pernoite dos jovens no centro de treinamento.

Além da comissão técnica, trabalham no CT nutricionistas, pedagogos, assistentes sociais, duas psicólogas esportivas e clínicas, médicos e fisioterapeutas. Os meninos contam com professores de apoio, atividades culturais e reuniões mensais para debate e avaliações entre atletas e funcionários sobre o dia a dia. O Flamengo manda as partidas de suas categorias de base no Estádio da Gávea.

Destaques Sub-17
Os jovens rubro-negros nascidos até 2002 foram derrotados pelo Fluminense na final da Taça Guanabara. No Brasileirão da categoria, o time eliminou o São Paulo na semifinal e vai enfrentar o Corinthians na decisão. A disputa da Copa do Brasil se inicia em agosto.

Escalação: Bruno, Marcos Felipe, Gabriel Noga, Otávio, Caio; Dhouglas, Daniel Cabral, Lázaro; Pedro Arthur, Carlos Daniel e Weverton.
Treinador: Phelipe Leal.

Principais destaques: Gabriel Noga, Caio, Daniel Cabral e Lázaro.

Destaques Sub-20
Na categoria de jogadores nascidos até 1999, os rubro-negros conquistaram a Taça Guanabara nos pênaltis, contra o Vasco. Na Copa São Paulo, os meninos do Flamengo foram eliminados pelo Figueirense na segunda fase.

Na Copa do Brasil, o Flamengo foi eliminado na semifinal pelo Cruzeiro, sofrendo 4 a 1 em casa. No Campeonato Brasileiro, seguem invictos na primeira fase e lideram a competição, somando 10 pontos em quatro partidas disputadas. O Torneio OPG está na segunda fase, e a Copa Rio Grande do Sul ainda será disputada no fim da temporada.

Escalação: Hugo Souza, Matheus França, Natan, Lucas Freitas, Ramon; Vinicius Souza, Luiz Henrique, Gomes; Wendel, Yuri e Vitor Gabriel.
Treinador: Maurício Souza.

Principais destaques: Hugo Souza, Yuri e Vitor Gabriel.

Obs: Matheus Thuler e Lincoln ainda têm idade para a categoria, mas já fazem parte do time profissional do Rubro-Negro. Bill foi emprestado segunda-feira para a Ponte Preta, e o meia Reinier, que tem idade para a categoria sub-17, mas treina e joga com o sub 20, se recupera de uma tendinite no joelho.

O Flamengo estima que pouco mais de 20 garotos estejam alojados no módulo anteriormente utilizado pelos profissionais.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget