Bruno Voloch: Gabriel e o sofrimento desnecessário do Flamengo

BRUNO VOLOCH: O Flamengo sofreu desnecessariamente no Beira-Rio.

Provou no jogo de volta que é muito superior ao Internacional.

Gabriel poderia ter selado a classificação com menos de 5 minutos. Ainda no primeiro tempo perdeu outro gol inacreditável e quando o time estava em desvantagem, aí sim, colocando a vaga em risco, fez o gol de empate em passe açucarado de Bruno Henrique.

Foram dois tempos distintos, mas novamente o goleiro Diego Alves saiu de campo, como já fizera no Maracanã, sem fazer nenhuma defesa.

A zaga do Flamengo praticamente não errou, exceção feita ao gol de cabeça de Lindoso.

Gabigol comemorando gol pelo Flamengo contra Internacional - Foto: Pedro Martins
O Internacional mostrou garra, correu, jogou na base da empolgação, mas o prejuízo era grande. Odair Hellmann ainda deu uma bela colaborada abrindo completamente o time e enchendo a equipe de atacantes.

Defesa exposta e lenta.

Gabriel se redimiu e o Flamengo soube administrar com inteligência a vantagem que abriu no Rio.

Gabriel se redimiu e o Flamengo soube administrar com inteligência a vantagem que abriu no Rio.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget