Dupla Rodrigo Caio e Pablo Marí ainda não sofreu gol

LANCE: O Flamengo vive a sua melhor fase na temporada. Líder no Campeonato Brasileiro e com o melhor ataque do futebol nacional em 2019, o Rubro-Negro precisa fazer a valer a sua vantagem para, às 21h30 (de Brasília) desta quarta-feira e diante do Internacional, no Beira-Rio, avançar às semifinais da Libertadores. Na ida, vitória por 2 a 0, no Maracanã.

Aliás, o trunfo no Rio de Janeiro foi marcado pela estreia da dupla Rodrigo Caio-Pablo Marí na zaga, após o primeiro ter retornado de uma lesão muscular. Não teve gol sofrido, assim como no fim de semana último, quando os dois voltaram a jogar juntos, a fim de aprimorar o entrosamento, e saíram zerados diante do Ceará, na Arena Castelão - o time de Jorge Jesus venceu por 3 a 0, pelo Campeonato Brasileiro e com direito a um golaço do espanhol.

Rodrigo Caio e Pablo Marí durante Flamengo x Internacional - Foto: Marcelo Cortes
Em entrevista coletiva, Marí, que acumula sete jogos pelo Fla, não quis entrar em detalhes em relação à postura tática a ser imposta em Porto Alegre.

- A tática saberemos amanhã. Nós temos uma vantagem, mas temos que trabalhar muito bem, é um rival muito forte, perigoso. Vai ser uma partida difícil. Temos que ter uma ideia clara, será um jogo complicado. Mas a tática veremos amanhã (quarta-feira) - disse Marí.

35 ANOS SEM IR ÀS SEMIFINAIS

Em julho, Marí foi contratado junto ao Manchester City e possui vínculo até dezembro de 2022. Apesar do pouco tempo de casa, o defensor de 25 anos já externou estar ciente da pressão sofrida para conquistar a Libertadores, tanto que ele respondeu a respeito dos 35 anos que o clube não chega às semifinais.

- A equipe mudou muito, muitos anos passaram. A cada ano tenta objetivos grandes, mas é algo que tem que chegar a partir de um bom jogo quarta-feira. Tudo vai passar pela equipe estando bem. E ganhar amanhã (quarta) passa por fazer uma partida praticamente perfeita. E isso é muito difícil, temos que estar concentrados. Confio plenamente na equipe. Eles em casa têm uma torcida grande, mas nós também teremos e precisamos que nos apoiem.

Ou seja: se a dupla mantiver o retrospecto e seguir sem ser vazada, o Flamengo alcançará um feito muito esperado pela torcida. É para não passar nada!

Aliás, o trunfo no Rio de Janeiro foi marcado pela estreia da dupla Rodrigo Caio-Pablo Marí na zaga.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget