Fla lucra 39 milhões no 1º semestre; Corinthians tem déficit histórico

JORGE NICOLA: Sete dos grandes clubes do futebol brasileiro já divulgaram seus resultados financeiros do 1º semestre de 2019 e, até agora, o saldo é muito mais negativo do que positivo. Somente Flamengo e Grêmio registraram superávit nos seis primeiros meses do ano. Já Corinthians, Internacional, Santos, Vasco e Bahia ficaram no vermelho.

É importante registrar que o primeiro semestre, em geral, garante menos receitas do que o segundo para os clubes brasileiros. E em 2019 isso se tornou ainda mais evidente por causa da mudança no pagamento dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro.

O dinheiro do pay-per-view, por exemplo, será depositado para os clubes de forma integral somente ao longo do segundo semestre. Já o dinheiro da TV aberta, a maior fatia quando o assunto é cota de televisão, foi quitado em apenas 40% - essa é a parte igual para todos os 20 integrantes da Série A.

Wallpaper do Maracanã - Foto: Marcelo Cortes
Os outros 60% serão pagos no fim do campeonato, levando em consideração a classificação final dos times e o número de partidas transmitidas.

Abaixo, você confere os resultados de cada um dos sete clubes que já tiveram seus balanços divulgados.

FLAMENGO: R$ 39 milhões

As vendas de Lucas Paquetá (por R$ 150 milhões) e Henrique Dourado (R$ 22,3 milhões) foram decisivas para garantir ao Rubro-Negro a chance de fechar no azul. Essa grana representou quase 50% da receita. No primeiro semestre, o clube gastou R$ 138 milhões com reforços. Os principais: R$ 80 milhões com Arrascaeta, R$ 26,7 milhões com Bruno Henrique, R$ 24,5 milhões com Rodrigo Caio e R$ 4 milhões com Gabigol.

GRÊMIO: R$ 30,3 milhões

Mesmo sem vender jogadores, o Grêmio conseguiu fechar o primeiro semestre no azul, superando a projeção de déficit de R$ 12 milhões para o período. O Tricolor ainda conseguiu reduzir o passivo em R$ 19,3 milhões. Tudo por causa do aumento da receita em 53% em relação ao que fora planejado.

BAHIA: R$ - 5 milhões

Sem as receitas da TV aberta e do pay-per-view, o Bahia ficou com déficit de R$ 5 milhões em seis meses. Mas, logo em julho, o clube já reverteu a situação e estava no positivo em R$ 4,9 milhões. A expectativa do presidente Guilherme Bellintani é fechar 2019 com superávit confortável.

VASCO: R$ - 12 milhões

Os seis primeiros meses detonaram o plano do Vasco de fechar 2019 com superávit de R$ 72 milhões. Com prejuízo de R$ 12 milhões na metade inicial de 2019, o Cruz-Maltino vai se dar por satisfeito se conseguir escapar do vermelho. A receita bem baixa, de R$ 79,8 milhões, foi a grande responsável. Além do buraco deixado pela TV, faltou também a venda de atletas.

SANTOS: R$ - 49 milhões

Os gastos para atender aos pedidos de Jorge Sampaoli fizeram do Santos o dono do terceiro pior resultado no 1º semestre. O Peixe fechou com déficit de R$ 49 milhões e aumento da dívida em R$ 77,4 milhões. Vale lembrar que o clube gastou mais de R$ 70 milhões com reforços e tem uma folha salarial superior a R$ 13 milhões, R$ 5 milhões a mais do que o valor recomendado pelo Conselho Fiscal.

INTERNACIONAL: R$ - 61 milhões

Sem a grana da TV, da venda de jogadores e com o aumento da folha salarial, o Inter registrou déficit de R$ 61 milhões nos seis primeiros meses de 2019. A boa notícia é que, em julho e agosto, já entraram quase R$ 40 milhões com as negociações de Iago, Eduardo Henrique, Marcinho e Valdívia. A expectativa é de que o prejuízo caia para R$ 20 milhões em setembro e esteja zerado em dezembro.

CORINTHIANS: R$ - 100 milhões

Quase R$ 70 milhões investidos em reforços (entre compra dos direitos econômicos e luvas), só R$ 11 milhões obtidos com venda, queda na bilheteria, no programa de sócios-torcedores e nada de receita com o estádio. Por causa desses motivos, o Corinthians fechou o primeiro semestre com déficit de R$ 100 milhões. A dívida do clube ainda cresceu R$ 168 milhões, saltando de R$ 469 milhões para R$ 637 milhões.

Flamengo e Grêmio registraram superávit nos seis primeiros meses de 2019. Já Corinthians, Inter, Santos, Vasco e Bahia ficaram no vermelho.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget