Fla tem apenas 4 jogadores que já disputaram semi de Libertadores

EXTRA GLOBO: Marcello Neves e Diogo Dantas

É consenso no futebol sul-americano que não basta ter apenas qualidade para ser campeão da Libertadores. Também é preciso inteligência, força mental e, principalmente, experiência. E é com este último quesito que o Flamengo se apega para enfrentar o Grêmio, nesta edição: confiando nos seus 'especialistas em semifinais' do elenco.

Quem mais teve sucesso é, curiosiamente, o único reserva. Orlando Berrío foi um dos titulares na campanha do título conquistado pelo Atlético Nacional, em 2016 — com direito a gol marcado no jogo de ida. Naquelas semifinais, ajudou a equipe colombiana a vencer duas vezes o São Paulo no encontro com outro companheiro de Flamengo: Rodrigo Caio.

Foto: Alexandre Vidal
O zagueiro esteve na melhor campanha do São Paulo em Libertadores nesta década. Também em 2016, o clube paulista chegou às semifinais e caiu para o Atlético Nacional. Ali, ele vivia a sua melhor fase. Curiosamente, contou com seus dois companheiros de defesa sendo expulsos nas partidas de ida e volta: Maicon e Lugano, respectivamente.

Voltando ainda mais no tempo, De Arrascaeta foi o camisa 10 e principal destaque da melhor campanha do Defensor, do Uruguai, na história da Libertadores. Em 2014, alcançou a fase de semifinais, mas acabou derrotado pelo Nacional, do Paraguai. Apesar da saída, a sua boa atuação o fez ser vendido para o Cruzeiro na temporada seguinte.

Por fim, o único que não entrará em campo — por lesão — também teve campanha de destaque em Libertadores. Foi Diego Ribas, com o Santos em 2003, que desbancou o Independiente de Medellín, da Colômbia, com direito a vitória nos dois jogos. A equipe dos "meninos da Vila" só foi parada pelo Boca Juniors, na decisão.

Experiência de Liga dos Campeões
Outro fator que faz o elenco do Flamengo se diferenciar dos demais na Libertadores é a quantidade de atletas com experiência em semifinais de outra competição importante: a Liga dos Campeões. E nesta, três nomes aparecem: Diego Ribas, Rafinha e Filipe Luís.

Diego, que já foi citado anteriormente com o Santos, esteve nas semifinais da Liga dos Campeões com o Atlético de Madrid: em 2013/2014, onde enfrentou o Chelsea, da Inglaterra.Naquela ocasião, os espanhóis foram derrotados pelo Real Madrid na final.

Assim como Diego, Filipe Luís estava naquela campanha de 2013/2014, mas também se destacou em 2015/2016, onde viu o Real Madrid ser novamente algoz. As duas bolas na trave se contrapõe com o lateral do outro lado do campo: Rafinha.

Campeão pelo Bayern de Munique na temporada 2012/2013, o lateral-direito chegou na semifinal da Liga dos Campeões em outras cinco vezes: em 2011/2012, em 2013/2014, em 2014/2015, em 2015/2016, em 2016/2017. Sem dúvidas, é o mais experiente do elenco para momentos decisivos.

O Flamengo, porém, tem três que já foram semifinalistas de Champions League.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget