Flamengo aceita proposta e encaminha a venda de Cuéllar

GLOBO ESPORTE: Enquanto se mobiliza para contar com Mário Balotelli, o Flamengo trabalha nos detalhes finais também para o adeus a Gustavo Cuéllar. Depois de muita especulação no decorrer da janela, o Rubro-Negro tem em mãos uma proposta do Al Hilal, da Arábia de Saudita, de cerca de 7.5 milhões de euros (R$ 34 milhões) e entrou em consenso com o volante colombiano para sacramentar a venda. O entrave final está nas conversas com o Deportivo Cali.

De acordo com o último balancete, o Flamengo tem 70% dos direitos econômicos do jogador. O restante pertence ao clube da Colômbia e estava previsto em contrato de que as partes deveriam se acertar caso surgisse uma proposta interessante aos cariocas. Representante de Cuéllar, o empresário Gianfranco Petruzziello está em Cali trabalhando no imbróglio.

Foto: Gilvan de Souza
O acerto está encaminhado para o Flamengo receber 5 milhões de euros no ato da venda e 2.5 milhões em janeiro. A oferta, no entanto, não chegou ao Rubro-Negro através do agente, que visitou o Ninho do Urubu várias vezes desde a Copa América com sondagens de clubes do futebol europeu. Nenhuma que agradasse ao Flamengo para abrir propostas. A oferta de cerca de 7.5 milhões de euros do Al Hilal, curiosamente ex-clube de Jorge Jesus, foi apresentada por um intermediário diretamente ao diretor executivo Bruno Spindel e ao jogador.

Cuéllar de pronto deu o ok para a continuidade das conversas. A proposta prevê um salário por volta de três vezes maior do que o volante recebe no contrato atual com o Flamengo, com duração até o junho de 2022. Os cariocas levantaram a possibilidade de um reajuste, mas o colombiano está convicto de que sair é a melhor opção, o que fez com que ambas as partes flexibilizassem.

Cuéllar, inclusive, já comunicou a boa parte dos jogadores do elenco de que está de saída e tem a participação em risco no clássico com o Vasco, sábado, em Brasília. Depende do desenrolar do imbróglio com o Deportivo Cali e de questões burocráticas.

Apesar de queridinho do torcedor do Flamengo, Gustavo Cuéllar não goza do mesmo prestígio com Jorge Jesus e entende que é o momento de fazer sua independência financeira no Oriente Médio. No Rubro-Negro desde 2016, o jogador entrou em campo 168 vezes, marcou dois gols e conquistou os Cariocas de 2017 e 2019.

De acordo com o último balancete, o Flamengo tem 70% dos direitos econômicos do jogador.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/xresenhacrf} {twitter#https://twitter.com/FlaResenhaNews} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget