Flamengo consegue não ser vazado com zaga reserva

LANCE: De repente, Jorge Jesus havia perdido os dois zagueiros titulares para a partida mais importante à frente do Flamengo: Rodrigo Caio, lesionado, e Léo Duarte, vendido ao Milan, da Itália, foram desfalques diante do Emelec. Foi assim que as chances de Pablo Marí e Thuler surgiram e, após ver o time devolver o 2 a 0 da ida e garantir a vaga nas quartas de final da Libertadores nos pênaltis, o treinador português resumiu a atuação da dupla no Maracanã: "impecáveis".

- São jovens, mas foram bem. O Angulo (Bryan, atacante do Emelec) joga bem de costas, mas Thuler e Pablo foram impecáveis. Não deram saídas de contra-ataque - avaliou o treinador, que completou sete partidas no comando do Fla.

Thuler e Pablo Marí, do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
Antes da final contra o Emelec, Thuler e Pablo Marí só haviam atuado juntos por 76 minutos contra o Botafogo, no último domingo, quando Rodrigo Caio deixou o clássico com dores na coxa esquerda e, posteriormente, teve lesão confirmada no local, por exames, pelo departamento médico do Flamengo.

Pablo Marí chegou ao Flamengo em julho, enquanto Thuler, formado no Ninho do Urubu, está integrado ao elenco profissional do clube desde o ano passado. Em campo, contudo, deram a impressão de serem parceiros de longa data.

Com firmeza nas divididas, bom posicionamento e segurança nas bolas aéreas, Pablo Marí e Thuler tiveram papel fundamental para que a equipe da Gávea alcançasse a primeira partida sem sofrer gols sob o comando de Jorge Jesus.

Em campo, contudo, deram a impressão de serem parceiros de longa data.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/xresenhacrf} {twitter#https://twitter.com/FlaResenhaNews} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget