Flamengo não terá Cuéllar e Willian Arão contra o Internacional

GLOBO ESPORTE: Com a liderança do Campeonato Brasileiro na bagagem, o Flamengo desembarca em Porto Alegre no início da tarde desta segunda-feira para o mais novo jogo mais importante do ano, o duelo com o Internacional, quarta-feira, às 21h30, no Beira-Rio, pelas quartas de final da Libertadores. O time está fortalecido, e o único porém no momento é a situação de Cuéllar.

Jorge Jesus bateu forte, criticou o jogador de se colocar acima do clube ao pedir para não viajar, mas reconheceu que ele fará alta em campo, principalmente por causa da suspensão de Arão. A situação do colombiano não está decidida. As cartas ainda estão sobre a mesa e nenhuma hipótese pode ser descartada por enquanto.

Willian Arão em Ceará x Flamengo - Foto: Alexandre Vidal
Na vitória por 3 a 0 sobre o Ceará, Piris da Motta fez a função de primeiro volante e conseguiu cumprir o papel de proteger a defesa. Apresentou suas credenciais para assumir a vaga, embora não tenha as características físicas ideais na visão do comandante, que gosta de um atleta mais alto nesta função. O paraguaio atuou ao lado de Arão, que não estará em campo na quarta-feira. Uma das opções para segundo volante é recuar Gerson.

Jesus comandará dois treinos no Rio Grande do Sul antes da partida contra o Inter, e terá a chance de tomar suas decisões para montar o meio de campo e definir a estratégia.

- Todos os jogadores trabalham com a mesma ideia, a proposta é a mesma para todos. Todos os que entram sabem exatamente o que precisam fazer, do ponto de vista tático, da estratégia. Trabalhamos de forma que o jogador possa ser escolhido e não tenha problema nenhum em corresponder - disse o treinador.

Outro ponto positivo da vitória sobre o Ceará, além do aspecto positivo da liderança, foi o fato de técnico ter conseguido dar descanso para alguns atletas, como Filipe Luís, Rafinha, Everton Ribeiro e Bruno Henrique. Estes três últimos, entraram já no terço final da partida e tiveram pouco desgaste

Será importante para o time estar com o gás em dia para a batalha no Beira-Rio, porque a exigência física, que já é grande em todos os jogos sob o comando de Jesus, promete ser ainda maior contra o Inter.

- Temos de continuar. Ainda não ganhamos nada. Estamos na metade do ano ainda. Se Deus quiser, vamos comemorar ao final. O Jorge Jesus cobra bastante de todos. Posso falar isso: ele pede para todo mundo se entregar em campo. Depois, quando ele mostra que cada jogador corre mais de 10km... ele sempre pede isso, que com ele jogador tem de correr mais de 10km - disse o atacante Bruno Henrique, autor de dois gols no jogo de ida, no Maracanã.

O Flamengo, que venceu por 2 a 0 no Rio de Janeiro, na última quarta, pode até perder por um gol de diferença que se classifica para a semifinal da Libertadores. Um 2 a 0 para o Inter leva a disputa para os pênaltis. Se o Rubro-Negro ficar um gol, por exemplo, os colorados precisam vencer por 4 a 1 para avançar.

A situação do colombiano não está decidida. As cartas ainda estão sobre a mesa e nenhuma hipótese pode ser descartada por enquanto.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget