Flamengo se apresenta de vez para reconquistar a América

LANCE: Fabio Chiorino e Rodrigo Borges

O time brasileiro que mais evoluiu após a Copa América superou o time brasileiro mais consistente na Libertadores até o início das quartas de final. Assim, o Flamengo será o adversário do Grêmio nas semifinais, enquanto o Internacional se despede junto com o Palmeiras.

O desfecho ontem no Beira-Rio não teve surpresas. Foi o retrato do que aconteceu em pelo menos três dos quatro tempos do duelo: domínio rubro-negro e pouca inspiração do Colorado, castigado por abdicar de jogar bola no Maracanã. Do lado do Flamengo, difícil apontar hoje de quem é o maior mérito. Bruno Henrique e Gabigol são decisivos, Arrascaeta organiza tudo, Rodrigo Caio acertou a defesa, Rafinha e Filipe Luís dão profundidade ao time. E ainda tem Jorge Jesus, o treinador que em poucos jogos transformou o caos talentoso em uma orquestra afinada.

Filipe Luís em Internacional x Flamengo - Foto: Alexandre Vidal
Não restam dúvidas de que o Grêmio será um adversário duríssimo, mas, após desafiar seus fantasmas na competição, o Flamengo se apresenta de vez para reconquistar a América.

E ainda tem Jorge Jesus, o treinador que em poucos jogos transformou o caos talentoso em uma orquestra afinada.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget