Golaço de Arrascaeta simboliza a cara do novo líder

BLOG DO MAURO CEZAR: Rafinha, Filipe Luís, Cuellar, Diego, Vitinho, Bruno Henrique e Everton Ribeiro. Sete jogadores do Flamengo que, por razões diversas, não começaram o jogo diante do Ceará e que são titulares ou têm potencial para tanto. Ainda assim o Flamengo aproveitou o tropeço do Santos para assumir a liderança do Campeonato Brasileiro vencendo por 3 a 0.

O técnico Jorge Jesus costuma dizer que não poupa todos os titulares de uma só vez, prática comum entre os treinadores brasileiros em meio a semanas como as que o português vem vivendo, intercalando compromissos pela Série A e Libertadores. Assim, mesclou, lançou o jovem João Lucas na lateral-direita e foi a campo vencer.

Arrascaeta em Flamengo x Ceará - Foto: Alexandre Vidal
No primeiro tempo o Ceará tinha mais posse de bola e até finalizava mais, quando Pablo Marí abriu o placar em jogada ensaiada a partir de um lateral — Renê, Rodrigo Caio, Orlando Berrío e o zagueiro espanhol participaram. Antes, o colombiano havia chutado sobre o travessão, desperdiçando excelente chance após grande arrancada de Gabigol.

O camisa 9 faria outro tento ainda na etapa inicial em lance que teve 19 passes trocados entre bolas curtas, longas, viradas, inversões de jogo. Até que Renê se projetou no espaço que surgiu à sua frente, Berrío e Gabigol tabelaram para o centroavante definir o 2 a 0. Atuação segura, madura do time de Jesus, boa vantagem levada ao intervalo.

Bruno Henrique e Everton Ribeiro saíram do banco na etapa final, o Ceará ficou mais tempo com a pelota e pressionou na segunda metade da partida, criou oportunidades e as desperdiçou, como o Flamengo também, em jogadas rápidas aproveitando o campo que a equipe da casa deixava livre ao se lançar à frente em busca de um gol que reabrisse a peleja.

O desfecho espetacular com o incrível gol de Arrascaeta após cruzamento de Rafinha, que também veio do banco para o campo, foi um sinal de um novo líder. Que chega ao primeiro lugar com força, autoridade, elenco e muitos gols.

Quando Jesus chegou ao Rio de Janeiro, o Flamengo estava oito pontos atrás do líder, então o Palmeiras. Reduziu a diferença, o Santos pulou para a primeira posição, mas ao perder para o Bahia, o time rubro-negro voltou a ficar oito pontos atrás do primeiro posto. Com seguidos tropeços dos clubes paulistas, avançou e assumiu a liderança na 16ª rodada. Com bom futebol!

O desfecho espetacular com o incrível gol de Arrascaeta após cruzamento de Rafinha, que também veio do banco para o campo, foi um sinal de um novo líder.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget