Propostas não agradam o Flamengo, e Cuéllar deve permanecer


Depois de ficar com um pé fora do Flamengo, o cenário mudou para Gustavo Cuéllar.

O colombiano Gustavo Cuéllar recebeu duas propostas oficiais nos últimos dias, do Al Hilal, da Arábia Saudita, e do Bologna, da Itália, mas os valores apresentados não seduziram o Flamengo, e o clube não pretende liberá-lo.

O martelo vai ser batido nesta sexta-feira, mas um dirigente do Rubro-Negro já adiantou: “Dificilmente sai”.

Os clubes oficializaram as propostas, Cuéllar disse que deseja ser negociado, mas o Flamengo não deve liberar, pois entende que liberar o volante nesta ‘altura do campeonato’ é abrir mão de ganhos técnicos dentro de campo.

Foto: Gilvan de Souza
A ideia é manter o jogador até o fim da temporada para depois pensar no futuro do atleta.

O colombiano Gustavo Cuéllar recebeu duas propostas oficiais nos últimos dias

As propostas

O primeiro clube a demonstrar interesse e formalizar oferta foi o Al Hilal. O time árabe acenou com o desejo de desembolsar cerca de 7,5 milhões de euros (em torno de 33 milhões de reais). Além disso, a proposta salarial foi considerada muito boa e mexeu com o jogador, que voltou a dizer à diretoria que gostaria de ser transferido.

O Bologna também sinalizou a vontade de contratar o jogador e se propôs a pagar em torno de 7 milhões de euros (cerca de 30 milhões de reais). O salário não chegou aos números oferecidos pelos árabes, mas a proposta do time italiano despertou o interesse do colombiano  por ser tratar de Europa. Com isso, ele se manteria em visibilidade.

As ofertas apresentadas eram por 100% dos direitos econômicos de Gustavo Cuéllar, porém o Flamengo tem direito apenas a 70% (o restante está ligado ao Deportivo Cali). O Rubro-Negro, entretanto, só aceitaria vender o jogador se o time colombiano cedesse uma fatia ao clube carioca.

O empresário de Cuéllar, Gianfranco Petruzziello, chegou a conversar com o Deportivo Cali. Em contato com o vice-presidente do clube colombiano, Marco Caicedo, ele confirmou as conversas, mas disse que se o Flamengo não aceitar negociar o atleta, as tratativas não iriam avançar.

O martelo vai ser batido nesta sexta-feira, mas um dirigente do Rubro-Negro já adiantou: “Dificilmente sai”.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget