Talento e ataque pesado do Fla fazem a diferença contra o Vasco

MAURO CEZAR PEREIRA: O massacre rubro-negro em Brasília escancarou a imensa disparidade existente entre Flamengo e Vasco na atualidade. O time comandado por Jorge Jesus reúne grande quantidade de jogadores técnicos e decisivos. A ponto de, mesmo jogando um primeiro tempo fraco, abrir o placar em grande lance de Bruno Henrique. A vantagem levada para o vestiário no intervalo pavimentou a goleada no lotado estádio de Brasília.

No segundo tempo os flamenguistas começaram de forma intensa, empurrando os rivais para seu campo, martelando até ampliar, novamente com o jogador convocado para a seleção brasileira. Vindo da esquerda para o interior da área ele sente-se mais à vontade, rende mais, decide. Assim aproveitou ótimo passe pelo alto de Gérson, que recebera belo lançamento de Pablo Marí, para cabecear e, no rebote, Gabigol marcar o terceiro.

De Arrascaeta, do Flamengo - Foto: Alexandre Vidal
Dois pênaltis marcados com auxílio do video foram defendidos por Diego Alves, que não conseguiu deter a cabeçada de Castan no tento vascaíno. O time de São Januário tentava voltar para o jogo e não conseguia, até conceder penalidade máxima ao Flamengo, que Arrascaeta bateu para dar números finais e marcar seu sexto tento no campeonato. Dono do melhor ataque da Série A (32 gols), o time da Gávea tem ainda o artilheiro do certame, Gabriel, com 10, o vice, Bruno, com oito. Pesado!

O time de São Januário tentava voltar para o jogo e não conseguia, até conceder penalidade máxima ao Flamengo.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget