Arrascaeta é eleito o melhor jogador de Flamengo 3 x 1 Inter

LANCE: Gol, assistência e a maior nota no jogo desta quarta-feira! Arrascaeta deu o tom na vitória do Flamengo por 3 a 1 sobre o Internacional. O Uruguaio comandou as ações do Rubro-Negro no Maracanã e foi o grande destaque da noite.

Confira a análise e notas do L! (Carlos Bandeira de Mello - carlosandrade@lancenet.com.br):

Diego Alves - 6,0 - Não teve grandes problemas por causa das esporádicas investidas do adversário. No entanto, levou um gol após chute de Edenilson. Não teve culpa no gol sofrido.

Rafinha - 7,0 - Teve poucas adversidades defensivas e, deste modo, aproveitou para criar investidas pelo lado direito. Ao explorar bem a linha de fundo, fez assistência para Arrascaeta.

Arrascaeta em Flamengo x Internacional - Foto: Alexandre Vidal
Rodrigo Caio - 5,5 - Na maioria do tempo, o zagueiro esteve bem e não errou os cortes. Porém, por descuido, foi desarmado no primeiro gol dos gaúchos.

Pablo Marí - 6,0 - O espanhol esteve sempre atento para aplicar os cortes pelo alto ou por baixo. A baixa criatividade dos adversários facilitou o trabalho da dupla de zaga rubro-negra.

Filipe Luís - 6,5 - Foi participativo nos lances ofensivos e preciso nos cortes e interceptações. Também foi várias vezes a frente e criou possibilidades de gols. Arriscou uma finalização no fim.

Gerson - 6,0 - Não esteve nos melhores dias. Apesar de não comprometer a defesa, procurou fazer o seu trabalho corretamente, com passes verticais. No gol de empate do Inter, a bola desviou em suas costas.

Willian Arão - 5,5 - Ao seu estilo, tentou chegar com frequência no ataque. Na marcação, não teve tanto sucesso: foi desarmado no lance de origem do gol de empate do Inter.

Arrascaeta - 8,0 - Cirúrgico. O uruguaio normalmente não aparece com frequência, mas é decisivo nos lances. Com a proximidade da área, fez o segundo gol dos cariocas e deu passe para Bruno Henrique.

Bruno Henrique - 7,0 - O atacante não marcava um gol desde a partida contra o Inter pela Libertadores. E mais uma vez, ele superou a defesa colorada e balançou a rede após insistência.

Everton Ribeiro - 6,5 - Ditou o ritmo. O camisa 7 bastante participativo na armação, com passes objetivos e ainda ajudou um pouco na marcação. Só faltou marcar o dele.

Gabriel Barbosa - 7,0 - Que fase! Mais uma vez, teve gol do Gabigol. De pênalti, o atacante marcou o seu 32º gol na temporada. Depois disso, se movimentou para aparecer as chances.

Reinier - 6,0 - Entrou com o Flamengo já em vantagem, e com isso, teve uma atuação sem responsabilidade. A revelação do Fla não fez nenhum lance diferencial, mas mostrou força de vontade.

Jorge Jesus - 7,0 - Segue o líder. Com um estilo de jogo intenso, o Flamengo conquistou mais uma vitória no Campeonato Brasileiro e bateu recorde no torneio nacional.

Vitinho - 6,0 - Com o pouco tempo dentro de campo, criou uma jogada individual, conseguiu um cruzamento perigoso. Nada além disso.

Berrío - sem nota - Entrou na reta final do jogo e não pôde ser avaliado.

Cirúrgico. O uruguaio normalmente não aparece com frequência, mas é decisivo nos lances.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget