Com Fla x Inter, Globo tem maior audiência às quartas desde 2005

MÁQUINA DO ESPORTE: A vitória do Flamengo sobre o Internacional por 3 a 1 na noite desta quarta-feira (25) no Maracanã não foi apenas a oitava seguida do time rubro-negro no Brasileirão. E também não foi apenas mais uma que ajudou a consolidar a liderança isolada no torneio nacional. Foi, além de tudo isso, uma partida histórica para a audiência da Globo.

O jogo, válido pela 21ª rodada da competição, alcançou 38 pontos com 54% de participação no Rio de Janeiro. Desde 6 de dezembro de 2009, quando o próprio Flamengo bateu o Grêmio por 2 a 1 e sacramentou a conquista do Brasileirão daquele ano, a emissora carioca não alcançava números tão altos. Em relação ao futebol de quarta-feira à noite, foi a maior audiência da Globo desde 26 de outubro de 2005, quando também o Flamengo empatou com o Juventude por 2 a 2 em Caxias do Sul.

Comemoração do Dragon Ball de Arrascaeta e Gabigol, jogadores do Flamengo - Foto: Alexandre Vidal
Em Porto Alegre, os números também não deixaram nada a desejar. Com 37 pontos e 58% de participação, a partida obteve a melhor marca do ano em jogos do Campeonato Brasileiro. Às quartas-feiras, a capital gaúcha não atingia tal ibope desde 18 de outubro de 2017, quando Corinthians e Grêmio empataram em 0 a 0.

Já em São Paulo, a boa notícia foi a volta de um time do estado à tela da Globo em um jogo de meio de semana após nove semanas assistindo apenas a partidas de clubes de outros estados. A última vez havia sido a derrota nos pênaltis do Palmeiras para o Internacional que resultou na eliminação da equipe alviverde nas quartas de final da Copa do Brasil em 17 de julho.

A derrota do São Paulo para o Goiás por 1 a 0 em pleno Morumbi alcançou 25 pontos de audiência com 39% de participação, números considerados apenas razoáveis.

Segundo a medição do Ibope, cada ponto de audiência medido equivale a 15.742 residências (ou 41.003 telespectadores) em Porto Alegre e região metropolitana. Na Grande São Paulo, cada ponto de audiência equivale a 73.015 residências (ou 204.050 pessoas). E no Rio de Janeiro e região metropolitana, cada ponto é equivalente a 46.175 residências (ou 119.283 telespectadores).

E desde 6 de dezembro de 2009, a emissora carioca não alcançava números tão altos.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget