Em alta no Fla e de volta à Seleção, Rodrigo Caio reencontra SPFC

GLOBO ESPORTE: Rodrigo Caio estará frente a frente com seu passado neste sábado, às 19h, no Maracanã. Pela primeira vez ele vai reencontrar o São Paulo, clube que chegou aos 13 anos, permaneceu por 13 temporadas e defendeu em mais de 250 jogos.

Apesar da trajetória de sucesso e dos laços sentimentais, o fim do relacionamento foi conturbado. Rodrigo Caio deixou o Morumbi em baixa após lesões, negociações frustradas e período de ostracismo. Fase ruim superada rapidamente no Rio de Janeiro, onde, em 9 meses, talvez viva o melhor momento de sua carreira, coroado com o retorno à seleção brasileira.

O jogo entre Flamengo e São Paulo terá transmissão ao vivo do Premiere para todo o Brasil com narração de Gustavo Villani e comentários de Ricardinho e Ledio Carmona. O GloboEsporte.com acompanha em tempo real, com vídeos, e transmite ao vivo as entrevistas dos treinadores e jogadores dos dois times após o jogo.

Rodrigo Caio e Guerrero em Flamengo x Internacional - Foto: Jorge R Jorge/BP Filmes
Rápida adaptação, volta por cima e mais 15% no fim do ano

Após quase fechar com o Barcelona, Rodrigo Caio foi contratado em dezembro como o primeiro reforço da gestão de Rodolfo Landim. O Flamengo adquiriu 45% dos direitos econômicos por R$ 24,5 milhões, incluindo comissões. O São Paulo permaneceu com 45% e o atleta com outros 10%.

Por contrato, o Flamengo ainda tem a possibilidade de adquirir outros 15% do jogador (totalizando 60%) até o fim do ano, ao preço de 1 milhão de euros (cerca de R$ 4,5 mi), devido a bônus anual por metas cumpridas. O acordo ainda permite que o clube carioca compre outros 15% até dezembro de 2020, totalizando 75% do jogador.

No Flamengo, Rodrigo Caio rapidamente se firmou como titular. Hoje é o símbolo de uma defesa sólida, técnica e de números incontestáveis. Campeão carioca, é um dos destaques do time que ainda briga pelos título brasileiro e da Libertadores. O bom momento não passou despercebido por Tite, e o zagueiro está de volta à Seleção, convocado para os amistosos contra Senegal e Nigéria, em outubro. Algo que não ocorria desde março do ano passado.

Primeiro encontro

Será a primeira vez que Rodrigo Caio enfrentará seu ex-clube. No primeiro turno, o zagueiro não pegou o São Paulo, uma vez que Abel Braga optou por poupar a maioria dos titulares antes do jogo contra o Peñarol, pela Libertadores. Era a oportunidade de retornar ao Morumbi, local que conquistou o título mais importante por clubes, a Copa Sul-americana de 2012.

Embora tenha sido formado e passado maior parte de sua carreira no Tricolor, o zagueiro não costuma comentar muito sobre o ex-clube quando perguntado. Recentemente, Rodrigo Caio foi questionado sobre o apelido de "jogador de condomínio" que recebeu na equipe paulista, e desconversou.

- Não me ofendo não. Aconteceu naquele momento. Fiquei meio tachado, mas não ligo. Essas coisas não me afetam. Eu foco em jogar futebol e ser feliz dentro de campo – disse em junho, ao Seleção SporTV.

O confronto deste sábado também será em um palco especial para o jogador. Foi no Maracanã onde ele faturou o primeiro ouro olímpico com a seleção brasileira nas Olimpíadas de 2016. Neste ano, ele levantou seu primeiro troféu com a camisa do Flamengo, o Carioca.

Por contrato, o Flamengo ainda tem a possibilidade de adquirir outros 15% do jogador (totalizando 60%) até o fim do ano.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget