"Eu não tenho pressa em sair do Flamengo", diz Gabigol

ESPN: O atacante Gabriel Barbosa, o Gabigol, revelou que “não tem pressa” para sair do Flamengo, e diz que está muito feliz no clube carioca.

Artilheiro da equipe na temporada, com 28 gols anotados em 38 atuações, o camisa 9 vive uma “lua de mel” com a torcida, e afirma que já se sente flamenguista.

Em entrevista ao canal De Sola, publicada no YouTube, o atacante abriu seu coração para o time rubro-negro, mas não esqueceu da gratidão pelo Santos, clube que o revelou.

"Estou muito feliz. Não tenho nenhuma pressa. Estou muito feliz no Flamengo. Eu não tenho pressa em sair do Flamengo. É metade do meu coração, a outra metade é do Santos, porque tenho muita gratidão. São dois clubes que tenho muito carinho. Está perto do jogo contra o Santos, vai ser muito difícil. Não sei se vou comemorar, vai ser no momento, mas não vejo como desrespeito. O respeito está muito além de comemorar ou não, está no coração. Sou santista desde pequenininho, mas agora está metade-metade."

Gabigol, do Flamengo - Foto: Divulgação
Em janeiro, o Flamengo contratou Gabigol por empréstimo de um ano junto a Inter de Milão, da Itália. Já neste segundo semestre, com o contrato “em dias contados”, a torcida pede a contratação em definitivo do atleta, que ainda não tem o futuro definido.

"Estou feliz no Flamengo. Como disse, ainda não sei o que vai acontecer, mas me sinto muito feliz no Flamengo, me sinto em casa, me sinto bem à vontade. No final do ano, a gente vai resolver isso."

Antes de fazer sucesso em seu retorno ao Brasil, Gabigol teve uma breve passagem pelo futebol europeu. Tanto na Internazionale quanto no Benfica, pouco jogou. Porém, em sua volta para o Santos, retomou o caminho dos gols e foi o artilheiro do Campeonato Brasileiro no ano passado, com 18 gols anotados. Sobre seus "altos e baixos", explicou que a relação com os companheiros de equipe fez a diferença em seu jogo.

"Acho que sim. Apesar que na Inter tinha alguns grandes jogadores, mas acho que não era um grupo tão unido, não estávamos jogando tão bem assim como agora. Peguei uma época no Santos que estava doce. Eu, Lucas Lima, Geuvanio, Ricardo, Thiago Maia, Renato, Victor Ferraz, David Braz, Gustavo (Henrique) e Zeca. Esse time estava jogando bem, Dorival treinador. Era muito bom. Olimpíada também. Mas acho que sim."

Líder do Campeonato Brasileiro, o Flamengo visita o Avaí no domingo, às 17h00 (de Brasília), em confronto válido pela 18ª rodada do Brasileirão.

O atacante abriu seu coração para o time rubro-negro, mas não esqueceu da gratidão pelo Santos, clube que o revelou.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget