Everton e Gabigol são eleitos os melhores de Flamengo x Santos

LANCE: Com golaço de cobertura, Gabigol foi o grande nome do Flamengo na vitória sobre o Santos, no Maracanã. Além do camisa 9, Everton Ribeiro também se destacou na partida. O meia rubro-negro buscou o jogo o tempo todo e foi o responsável por roubar a bola que originou o primeiro gol do Fla.

Veja as notas a seguir por Gabriel Rodrigues ( gabrielrodrigues@lancenet.com.br)

Diego Alves - 6,0 - Praticamente não foi exigido durante o jogo e não fez nenhuma defesa muito perigosa. Foi bem seguro.

Gabigol em Flamengo x Santos - Foto: Alexandre Vidal
Rafinha - 6,0 - Interceptou um chute de Sasha que poderia ter mudado os rumos do jogo. Teve muito trabalho com Soteldo e deixou um pouco de espaço no primeiro tempo.

Rodrigo Caio - 6,5 - Muito bem na marcação e ajudou a segurar o rápido ataque do Santos. Foi bem na saída de bola, mesmo quando pressionado.

Pablo Marí - 6,0 - Sofreu com Marinho no começo da partida, mas melhorou com o decorrer do jogo. Apareceu bem no ataque em alguns lances.

Filipe Luís - 6,5 - Teve muito trabalho com Marinho pelo seu lado, mas foi bem. Também apareceu muito bem na construção das jogadas.

Willian Arão - 6,0 - Bem na marcação e na saída de bola. Ficou mais preso no setor defensivo e pouco apareceu na frente na partida.

Gerson - 7,0 - Mais uma grande partida do meio-campista. Apareceu na marcação, dando carrinho, roubando bolas, e também perto da área adversária.

Everton Ribeiro - 7,5 - Estava um pouco apagado em campo, mas roubou a bola e deu uma boa assistência para o tento de Gabigol.

Arrascaeta - 6,5 - Começou bem a partida, mas foi muito bem marcado e não apareceu tanto no jogo. Mas não faltou vontade. Quase marcou um gol no segundo tempo.

Bruno Henrique - 7,0 - Mostrou a qualidade de sempre. Infernizou a zaga do Santos, puxou contra-ataques e quase marcou um golaço na etapa complementar.

Gabigol - 7,5 - Marcou um golaço na primeira oportunidade clara que teve de finalizar para o gol. No segundo tempo, isolou uma bola e desperdiçou um contra-ataque.

Berrío - 5,5 - Entrou com a vontade e garra de sempre e ajudou a segurar a bola no ataque em alguns lances. Tentou criar algumas jogadas.

Renê - Sem nota - Entrou no fim da partida, aparentemente, só para matar tempo. Pouco apareceu em campo.

Jorge Jesus - 6,5 - Teve seu duelo mais difícil neste Campeonato Brasileiro e saiu vitorioso. Sua equipe controlou bem o jogo durante quase todo o tempo, mas teve problemas para criar boas chances de gol.

Marcou um golaço na primeira oportunidade clara que teve de finalizar para o gol.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget