Flamengo não seria campeão nos principais campeonatos do mundo

BLOG DO RAFAEL REIS: Líder do Campeonato Brasileiro, o Flamengo vem de sete rodadas consecutivas só vencendo. Uma sequência assim pode até ser normal nas principais ligas nacionais da Europa, mas é algo raro de se ver em um torneio com tanto equilíbrio de forças como a Série A.

Graças ao desempenho alcançado desde a chegada do técnico português Jorge Jesus, o time rubro-negro tem hoje um aproveitamento de 75% dos pontos disputados.

Se não perder desempenho até dezembro, o Flamengo de 2019 pode ultrapassar o Cruzeiro de 2003, que conquistou 72% dos pontos possíveis, e realizar a melhor campanha da história do Brasileirão desde a adoção do sistema de pontos corridos.

Gabigol, do Flamengo, comemorando gol contra o Cruzeiro - Foto: Divulgação
Mas será que esse desempenho flamenguista é espetacular apenas dentro de um campeonato com as características do Brasileirão? Ou será que essa campanha já é digna dos campeões das ligas mais poderosas da Europa?

Em busca dessa resposta, "Blog do Rafael Reis" compara abaixo o aproveitamento do atual time do Flamengo ao dos campeões nacionais de Inglaterra, Itália, Espanha, Alemanha e França na última temporada.

INGLATERRA
No campeonato nacional mais poderoso do planeta, o desempenho atual do Flamengo no Brasileirão só lhe renderia a terceira colocação da temporada passada. A equipe de Jorge Jesus ficaria atrás de Manchester City (86% de aproveitamento) e Liverpool (85,1%), dupla que fez campanhas dignas de campeões. A última vez que os resultados do Fla virariam título na Premier League foi em 2014/2015, quando o Leicester levantou a taça com 71,1% dos pontos disputados.

ESPANHA
Na terra onde joga Lionel Messi, o hexacampeão do prêmio de melhor do mundo, o Fla faria uma disputa cabeça a cabeça com o Barcelona, mas acabaria atrás dos catalães. Para ficarem com o título nacional em 2018/2019, os comandados de Ernesto Valverde tiveram aproveitamento de 76,3%. Para encontrar um campeão espanhol com desempenho inferior a 75%, é preciso voltar mais de uma década. Em 2007/2008, o Real Madrid conquistou 74,6% dos pontos e faturou o título.

ITÁLIA
O Flamengo de 2019 também não conseguiria impedir o octa da Juventus, mas seria vice na Itália (assim como na Espanha). Em sua mais recente campanha de título, a equipe de Cristiano Ronaldo conquistou 78,9% dos pontos em disputa. Os sete últimos títulos da Velha Senhora, aliás, foram obtidos com desempenho superior ao do atual líder do Brasileiro. Só em 2011/2012, o ano um da série de vitórias consecutivas, a Juve teve aproveitamento mais baixo: 73,7%.

ALEMANHA
A briga entre o Flamengo atual e Bayern de Munique e Borussia Dortmund da temporada passada seria das mais bonitas. Mas, no fim, o clube brasileiro terminaria na segunda colocação, atrás dos bávaros (76,5%) e logo à frente da equipe aurinegra (74,5%). Mas o Fla só ficaria no quase porque a última temporada alemã foi atípica. Na maioria dos últimos anos, sua campanha nem arranharia o campeão germânico. A última vez que um clube venceu a Bundesliga com desempenho inferior ao time de Jorge Jesus foi em 2010/2011, quando o Dortmund levou o título tendo ganho 73,5% dos pontos disputados.

FRANÇA
Assim como na Inglaterra, a campanha atual do Flamengo passaria longe de lhe dar o título na França. Na última temporada, o Paris Saint-Germain venceu a Ligue 1 com aproveitamento de 79,8%. Mas os brasileiros pelo menos ficariam com o vice-campeonato, já que o Lille, segundo na tabela, conquistou só 65,8% dos pontos em disputa. A última vez em que uma equipe se sagrou campeã francesa com desempenho inferior ao dos cariocas foi em 2014/2015, quando o PSG registrou 72,8%.

Graças ao desempenho alcançado desde a chegada do técnico português Jorge Jesus, o time rubro-negro tem hoje um aproveitamento de 75%.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget