Jorge Jesus revoluciona o Flamengo e desmonta mitos no Brasil

GOAL: Por Bruno Guedes

Hoje não falaremos de números, mas de como, em menos de três meses, um português que nunca trabalhou no Brasil revolucionou o clube mais popular do país e desfez mitos criados nos últimos anos. Vamos falar como Jorge Jesus trouxe para os trópicos a mentalidade que só vemos pela televisão. A vontade de vencer sempre.

Jorge Jesus veio para o Rio de Janeiro sem nenhuma experiência no futebol brasileiro. Muitos questionaram o quanto isso poderia afetar o seu trabalho - algo realmente relevante e que prejudicou tantos outros, como seu conterrâneo Paulo Bento no Cruzeiro - mas ninguém percebeu que foi o inverso: o mister quem mexeu na estrutura nacional.

Jorge Jesus e Bruno Henrique, do Flamengo - Foto: Alexandre Vidal
Sem a muleta de poupar onze titulares para privilegiar uma ou outra competição, o português vem de maratona de jogos com força máxima ou perto dela. Enquanto outros preferem discursos fáceis e que tirem o peso das derrotas, como um time inteiro de reservas no Campeonato Brasileiro, Jesus manteve intensidade alta e pressão contra tudo e todos. Como diz o hino: Vencer, vencer, vencer...

A maior prova disso foi o que ocorreu em um período de uma semana. Enfrentando o atual campeão do Brasileirão, Palmeiras, atropelou em um 3 a 0 que não reflete a real situação do que foi a partida. Sempre buscando o gol. No sábado seguinte a vítima foi o lanterna do campeonato, Avaí, que também não foi páreo e sofreu com o mesmo placar. E dias após uma batalha na Libertadores contra o Internacional. Seja o vencedor ou o último colocado, a fome de vitória que importa.

Tais fatos desmontam mitos criados no Brasil, muitas vezes para mascarar a cobrança sobre alguns treinadores de que é impossível jogar duas competições com os mesmos jogadores. O Grêmio nas últimas duas temporadas usa tal prática, bem como o próprio Inter, o Palmeiras e até mesmo Abel Braga com o Flamengo.

Longe dos vícios tupiniquins, o técnico coloca em campo toda a sua vivência europeia e práticas utilizadas por lá. O resultado é uma revolução no Rubro-Negro. Jogando com todos os seus craques, o time consegue se manter equilibrado e fatal no ataque. Uma equipe ofensiva e cujo futebol agrada até quem não é torcedor. São jogos que estávamos acostumados a ver apenas nas ligas da Europa e pela TV.

Agora está aqui. E revolucionando, provando que as "verdades" de outrora eram só velhos escudos para quem não compreende que o tempo mudou. E mudou muito. Como Jorge Jesus mudou o Flamengo e vem mudando o futebol do Brasil.

Revolucionando, provando que as "verdades" de outrora eram só velhos escudos para quem não compreende que o tempo mudou.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget