Jorge Jesus volta a ter que lidar com desfalques no Flamengo

UOL: Jorge Jesus não demorou muito para conquistar o coração dos rubro-negros. Mas agora caminha para enfrentar as semanas mais desafiadoras de sua ainda breve jornada pelo Flamengo, com desfalques de peso para as próximas rodadas do Brasileirão e um oponente "cascudo" pela frente na Libertadores. O bom desempenho no Campeonato Brasileiro e Copa Libertadores gerou esperança na torcida. Agora seu time chega a um momento decisivo. Há uma enorme pressão para que o Flamengo rompa o estigma de ficar no quase, como tem ocorrido nos últimos anos.

Nesta quarta-feira, o Flamengo inicia diante do Grêmio a disputa por uma das vagas na final continental. Chegar a essa fase da competição já representou uma marca expressiva. É a primeira vez que isso acontece desde desde 1984, sob o comando de Zico e companhia.

Gabigol deixando ônibus do Flamengo - Foto: Marcelo Cortes
Uma situação chama a atenção. Contra o São Paulo, no sábado, o Flamengo poupou apenas três jogadores e não conseguiu imprimir o mesmo ritmo de partidas anteriores. O Grêmio, próximo adversário, decidiu poupar o time inteiro. O treinador português deixou claro que o tempo de recuperação foi decisivo para o jogo - e isso pode ser um fator para a partida de quarta-feira.

"Vocês estão habituados a ver o Flamengo jogando bem e ganhando. Entramos para competir. O São Paulo tem grandes jogadores. Aproveitou-se da nossa equipe não estar tão fresca como normalmente está. O tempo de recuperação foi pouco para equipe jogar no jeito intenso, mas ainda assim conseguimos. O campo estava pesado pela chuva. A equipe não está cansada, está pesada. Não tem a velocidade que geralmente tem. Normalmente, nesses jogos colocamos o jogador no limite do risco de uma lesão", disse Jorge Jesus.

"Vai ser disputado, como é óbvio. Nada vai ser resolvido em Porto Alegre aconteça o que acontecer. Vai ser muito competitivo, com ritmo alto. Essa, sim, é uma equipe que vai disputar o jogo conosco e algumas vezes nos colocar nas cordas. Mas estamos preparados para isso. Estamos conscientes para atacar e defender quando necessário. Vai ser um grande jogo e espero que o Flamengo esteja em um nível alto para competir e dar a resposta", completou o técnico do Flamengo.

Alerta no Brasileirão
Além do confronto com o Grêmio, o momento mais perigoso para Jorge Jesus no Flamengo se deve a desfalques já previstos no Brasileirão. Gabigol pode perder até quatro jogos pelo Brasileiro por conta de suspensão e convocação para a seleção brasileira. Também chamado por Tite, Rodrigo Caio pode perder até três jogos. O último jogo nessa conta, contra o Fortaleza, vai depender da logística que será montada para voltar de Cingapura.

"Se você perde o artilheiro do Brasileiro, claro que é uma perda. Mas precisamos buscar respostas para dar a equipe. Perdemos pelo terceiro amarelo, pelos jogos da Seleção, e vamos ter que buscar respostas. Neste momento, vou pensar no jogo de quarta-feira quando chegar em casa. Isso que me preocupa agora", completou o treinador.

Com o 'time de Abel', Jorge Jesus não conseguiu repetir as dominantes atuações.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget