Mesmo recuperado, Ederson, ex-Flamengo, cogita aposentadoria

GLOBO ESPORTE: Longe dos gramados há mais de um ano, quando acabou o contrato com o Flamengo, o meia Ederson quebrou o silêncio, gravou um vídeo e, por meio de uma rede social, compartilhou os pensamentos que tem sobre a sequência da carreira. Nele, o atleta de 33 anos afirmou estar bem de saúde, depois de um tumor no testículo e uma lesão no joelho, enfrentados no decorrer dos últimos três anos. Porém, mesmo com as dificuldades superadas, ele chegou a cogitar o fim da carreira como jogador e o início da trajetória como olheiro.

– Não sei se eu vou continuar no meio do futebol, algum setor. Eu gosto muito de estar observando os novos talentos. Na minha região, têm bons jogadores, quem sabe eu possa estar trabalhando com algum clube, encontrando algum fenômeno.

Após mais de 10 anos na Europa, o drama de Ederson começou pouco tempo depois do seu retorno ao Brasil, em 2015, quando assinou com o Flamengo. Em julho de 2016, o meia sofreu uma entrada do lateral corintiano Fagner, que o deixou fora por nove meses.

Foto: Divulgação
A volta em 2017 foi seguida de outro capítulo complicado. Em julho, o meia foi diagnosticado com um tumor no testículo e precisou passar por nova cirurgia. A liberação para voltar a jogar ocorreu em fevereiro de 2018, cinco meses antes de seu contrato com o Flamengo terminar.

Com o vínculo com a equipe carioca encerrado após 39 jogos e quatro gols, Ederson foi para a França, onde realizou uma osteotomia. No vídeo, o ex-flamenguista explicou que o procedimento foi necessário, uma vez que, depois da primeira intervenção, em 2016, ele passou a treinar e jogar, muitas vezes, com fortes dores no joelho.

– Hoje, graças a Deus, eu me sinto bem. O problema de saúde que eu tive está completamente superado. Estou 100%. Isso é o mais importante. Hoje, eu não sinto mais dores no joelho como eu sentia antes.

Ainda conforme a mensagem por meio do universo online, o atleta chegou a ser procurado por alguns clubes brasileiros, mas uma possível volta foi descartada, pois, frequentemente, Ederson tem deixado Parapuã, cidade onde mora no interior paulista, e seguido para Mônaco. Lá, estão sendo resolvidos alguns problemas pessoais, relacionados ao seu processo de divórcio, iniciado no começo deste ano.

Ederson comentou ainda que as viagens são necessárias pelo fato de seu casamento ter sido realizado na Europa. Além disso, o filho do casal tem ficado com a ex-esposa, o que faz com que o ex-flamenguista tenha que ir para lá, quando tem um tempo hábil, para vê-lo.

– Vou resolver essa questão pessoal primeiro com minha ex-esposa, para que, depois, fique tudo certo, e eu possa tomar as minhas decisões.

O conteúdo gravado por Ederson foi produzido em três idiomas (francês, italiano e português), com o objetivo de responder questionamentos feitos por torcedores das equipes por onde passou, e ele deixou também seus agradecimentos a todos clubes e torcedores envolvidos. Os vídeos foram divulgados no final de agosto.

A versão brasileira do vídeo tem quase cinco minutos e foi gravada no Aeroporto Internacional de Guarulhos, enquanto Ederson e o filho esperavam um voo para Mônaco, após um período de férias escolares do garoto, aproveitadas no Oeste Paulista.

Com o vínculo com a equipe carioca encerrado após 39 jogos e quatro gols, Ederson foi para a França, onde realizou uma osteotomia.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/xresenhacrf} {twitter#https://twitter.com/FlaResenhaNews} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget