A transformação do Flamengo com Jesus em fatos e números

GLOBO ESPORTE: "Três meses que parecem três anos". A reação ao ser informado da data cheia que completava na vitória por 3 a 1 sobre o Atlético-MG ajuda a explicar a velocidade com que Jorge Jesus reescreveu a história do Flamengo em 2019. Avassalador, imponente e consistente, o Rubro-Negro dá a impressão de que foi capaz de avançar no tempo para se tornar uma das equipes mais elogiadas no futebol brasileiro dos últimos anos. Fruto de um trabalho corroborado por performance, resultados e números.

Faltando praticamente dois meses para o fim da temporada, o Mister faz questão de ressaltar a cada entrevista que somente trabalhos vencedores "criam raízes". Como futurologia é um exercício que não cabe no momento, uma olhada para trás é suficiente para apontar pontos marcantes nos 113 dias de trabalho do português no Ninho do Urubu (o primeiro treino aconteceu no dia 20 de junho).

Jorge Jesus no Flamengo
22 jogos
14 vitórias
6 empates
2 derrotas
44 gols pró
18 gols contra
8 jogos sem ser vazado
2 meses e uma semana sem perder
72,7% de aproveitamento
27 jogadores utilizados

Jorge Jesus cumprimentando torcedores do Flamengo - Foto: Marcelo Cortes
O Flamengo de Jorge Jesus é insaciável na busca pelo gol, seja qual for o placar. Não à toa, passou em branco somente duas vezes em 22 partidas, e fez três ou mais gols em impressionantes nove ocasiões. A intensidade tão cobrada por JJ está invariavelmente acompanhada da consistência tática de um time que sabe exatamente o que fazer seja qual for o adversário.

Os três meses com cara de três anos foram suficientes para que o Flamengo seja forte independentemente das peças, e o atropelamento de mais de 70% de posse de bola contra um adversário do tamanho do Atlético-MG mostrou isso. Rodrigo Caio, Filipe Luís, Arrascaeta e Gabriel são desfalques capazes de desestruturar qualquer engrenagem. Não a que foi montada por Jorge Jesus. Já tinha sido assim contra Chapecoense e, principalmente, Ceará fora de casa.

Curiosidades
- Jorge Jesus já utilizou 27 jogadores em sua passagem pelo Flamengo
- Apenas os goleiros César, Gabriel Batista e Neneca, e os jovens Rafael Santos, Dantas, Hugo Moura, Pepê e Vitor Gabriel não foram utilizados
- Contando apenas a disputa com Jorge Jesus, o Flamengo tem 16 pontos de vantagem para o Palmeiras e 11 para o Santos no Brasileirão
- O primeiro treino de JJ no Ninho aconteceu dia 20 de junho: são 113 dias de trabalho

A consistência é a característica que faz também com que o Flamengo atual não se molde de acordo com o adversário, mas dite a forma como eles vão jogar. Foi assim na maneira acuada e respeitosa como Galo e São Paulo se postaram no Maracanã. É assim nas vezes em que o time vai atuar em território alheio, vide a exibição diante do Grêmio.

Jorge Jesus no Brasileirão
15 jogos
12 vitórias
2 empates
1 derrota
84,4% de aproveitamento
36 gols pró
12 gols contra
8 pontos atrás do líder quando chegou
8 pontos na frente do segundo atualmente

Marcação alta, verticalidade nas ações ofensivas e linhas defensivas bem definidas e avançadas são apenas alguns dos pontos que chamam a atenção no Flamengo desenvolvido por um português extremamente perfeccionista e rigoroso. Reinier que o diga. A linha dura, por sua vez, divide espaço com um perfil dócil nos bastidores.

Dito muito do como Jorge Jesus fez sua equipe atingir este nível de performance, os números ajudam a exemplificar o que este Flamengo já fez. Eliminado nos pênaltis da Copa do Brasil para o campeão Athletico-PR com menos de um mês de trabalho, o Mister está a um empate sem gols da sonhada final da Libertadores e caminha a passos muito largos para o título do Brasileirão.

Em 22 jogos, são 14 vitórias, seis empates e duas derrotas, 72,7% de aproveitamento com 44 gols marcados e 18 sofridos. Já são dois meses e uma semana sem perder, desde o 3 a 0 para o Bahia no início de agosto, e oito partidas em que o Flamengo passou sem ser vazado.

Nestes três meses, Jorge Jesus foi discreto na chamada rodagem do elenco, nunca foi de escalar uma equipe totalmente reserva, mas o fez naturalmente. São 27 jogadores utilizados, apenas os goleiros César, Gabriel Batista e Neneca, e os jovens Rafael Santos, Dantas, Hugo Moura, Pepê e Vitor Gabriel não tiveram chance.

O desempenho no Brasileirão, no entanto, é o ponto alto desta história. Aclamado como formato que "premia os melhores e mais regulares", os pontos corridos são a prova da disparidade de rendimento do Flamengo no futebol brasileiro atual. Líder com oito pontos de vantagem para Santos e Palmeiras, a vantagem seria de 11 e 16, respectivamente, se levada em conta apenas o período pós-Jorge Jesus.

No Campeonato Brasileiro, o português tem incríveis 84,4% de aproveitamento (12 vitórias, dois empates e uma derrota), com 36 gols marcados e 12 contra. O Flamengo tem de longe o melhor ataque (51 contra 39 de Palmeiras e Grêmio), o melhor saldo (30 contra 19 do Palmeiras), três dos quatro primeiros na tabela de artilheiros e três vitórias a mais que o segundo colocado. O "ponto fraco" é a defesa, quinta melhor da competição.

Números e fatos que caracterizam uma revolução, mas que carecem de um carimbo: de campeão.

- É uma equipe que em três meses parece que trabalha comigo há três anos. Isso é fácil pela qualidade dos jogadores. Penso que vou deixar um legado não só no Flamengo, mas no futebol brasileiro. Nossa forma de jogar é totalmente diferente de todas as equipes. Não digo que é melhor ou pior, mas é minha. Só deixa raízes quem ganha. Vamos deixar muitas das ideias que trouxemos. Sentimos orgulhoso do nosso trabalho e também por estarmos no Flamengo.

O próximo desafio do Flamengo de Jorge Jesus está marcado para domingo: conquistar a primeira vitória do clube na Arena da Baixada na história do Brasileirão, diante do Athletico-PR, às 16h (de Brasília), pela 25ª rodada. E que desafio!

Não à toa, passou em branco somente duas vezes em 22 partidas, e fez três ou mais gols em impressionantes nove ocasiões.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget