Análise: Como foram os substitutos do Flamengo contra a Chape

GLOBO ESPORTE: Sem Gabigol, Arrascaeta e Filipe Luís, o Flamengo venceu a Chapecoense por 1 a 0, domingo, na Arena Condá. Bruno Henrique foi o autor do gol que garantiu os três pontos e fez o time abrir cinco de vantagem na liderança. O técnico Jorge Jesus escolheu Renê, Vitinho e Reinier para o time titular, e as vagas terão que ser preenchidas novamente nas próximas partidas.

Os substitutos foram aprovados? No caso de Vitinho, a principal contribuição foi a assistência para Bruno Henrique, mas ele teve algumas dificuldades durante a partida. Sem a bola, não atingiu a intensidade e a movimentação desejadas por Jorge Jesus. Ainda não está com o ritmo ideal. O jogador espera ter uma sequência para conseguir evoluir.

- Trabalho duro todos os dias para ajudar quando for solicitado. Estou muito feliz com a assistência e, principalmente, com a vitória. É continuar focado no dia a dia para, com a sequência de jogos, contribuir e melhorar ainda mais. Foi um resultado importante. Conseguimos dominar o jogo e fazer o gol - disse o camisa 11.

Renê em Chapecoense x Flamengo - Foto: Alexandre Vidal
Reinier teve a responsabilidade de fazer uma função parecida com a de Gabigol, embora tenham características diferentes. O meia de 17 anos oscilou bastante durante partida. De bom, a personalidade, o bom entendimento com Everton Ribeiro e Rafinha e a facilidade para chegar na área e finalizar.

Jorge Jesus repassa lances com Reinier e Rodrigo Caio após a vitória sobre a Chapecoense

Jorge Jesus, no entanto, disse ter ficado insatisfeito com algumas escolhas de Reinier, principalmente nos dois lances em que o jovem tentou um passe de calcanhar e errou.

- O Reinier estava bem, mas tem 17 anos, tem que aprender muita coisa. Eu o tirei do jogo não por estar mal. Fez algumas coisas que eu pedi para não fazer. Ele gosta de dar uma nota artística quando o jogo não pede nota artística. O tirei para ele perceber que tem que jogar tecnicamente como sabe, mas quem manda sou eu.

O meia-atacante poderá ter mais chances antes de se apresentar, no dia 14 de outubro, para a disputa do Mundial sub-17. De acordo com o vice de futebol Marcos Braz, a diretoria não pretende alongar sua permanência no time.

Depois que Jorge Jesus se aborreceu com Reinier, escolheu Berrío para entrar em seu lugar. A mudança não melhorou a produção do time. Pelo contrário. O colombiano teve dificuldades para dar sequência nos lances e ainda precisou sair nos minutos finais depois de torcer o tornozelo direito. Saldo totalmente negativo.

Na lateral esquerda, a mudança mais natural. Renê entrou e cumpriu seu papel na defesa, mas há uma grande queda de criatividade no setor ofensivo, visto que Filipe Luís se mostrava um importante articulador de jogadas quando caía mais pelo meio.

Na próxima rodada, será a vez de Jorge Jesus decidir quem vai ser o substituto de Rodrigo Caio, que vai defender a seleção brasileira. Thuler e Rhodolfo são os candidatos. A boa notícia para o técnico português é que nenhum dos seis pendurados levou amarelo contra a Chape: Bruno Henrique, Everton Ribeiro, Pablo Marí, Piris da Motta, Rafinha e Willian Arão.

Os jogadores do Flamengo ganharam folga nesta segunda-feira e se reapresentam na terça. A equipe se prepara para o duelo com o Atlético-MG, quinta-feira, às 20h, no Maracanã.

Jorge Jesus escolheu Renê, Vitinho e Reinier para o time titular, e as vagas terão que ser preenchidas novamente nas próximas partidas.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget