Arrascaeta e Diego Alves são os destaques de Flamengo x CSA

LANCE: Em dia de recorde de público, o Flamengo venceu o CSA de forma suada por 1 a 0, na noite deste domingo, no Maracanã, e segue com grande vantagem na liderança do Brasileiro. Diego Alves, que fez grande defesas e segurou a vitória, e Arrascaeta, autor do gol, foram os destaques do Flamengo na partida.

Confira as notas do LANCE:
por Luiz Portilho

Diego Alves - 7,5: grande partida! Fez três grandes defesas que evitaram o gol do CSA e esteve atento aos lances em que foi exigido jogar com os pés.

Rafinha - 6,5: muito marcado, se concentrou em defender e foi bem, com bom senso de cobertura, combate. No segundo tempo, subiu mais ao ataque e acabou deixando alguns espaços em seu lado.

Arrascaeta fazendo coraçãozinho com a mão - Foto: Marcelo Cortes
Thuler - 7,0: abusou um pouco das faltas, mas esteve muito atento, teve bom senso de cobertura, e mandou bem no jogo aéreo.

Rodrigo Caio - 5,5: levou duas bolas nas costas, no primeiro tempo, e acabou salvo pelo Diego Alves. No segundo tempo, perdeu uma disputa aérea, num lance em que Alecsandro quase marcou de cabeça, e deu um passe errado de se lamentar.

Filipe Luis - 6,0: se destacou mais no apoio ao ataque, mas de forma um pouco tímida. No fim, chegou atrasado na marcação de Warley e foi salvo pelo Diego Alves.

Filipe Luis - 6,0: se destacou mais no apoio ao ataque, mas de forma um pouco tímida. No fim, chegou atrasado na marcação de Warley e foi salvo pelo Diego Alves.

Willian Arão - 6,0: um pouco desatento no primeiro tempo, mas isso não comprometeu a equipe.

Gerson - 6,5: roubou bola, lançou e distribuiu bem o jogo. Deu bom chute para gol no primeiro tempo.

Everton Ribeiro - 7,0: começou a jogada no gol de Arrascaeta. Dribles e passes excelentes. No segundo tempo, caiu de produção e deu bobeira na hora de finalizar em duas ocasiões.

Arrascaeta - 7,5: qualidade no passe, no drible. Fez um golaço e teve a chance de fazer outro. Teve queda de rendimento no segundo tempo.

Bruno Henrique - 5,5: muita movimentação, sempre servindo os companheiros, mas não teve pontaria. Faltou a ele, também, criatividade para se livrar da forte marcação adversária.

Gabigol - 6,5: buscou bastante o jogo, foi muito participativo, mas não teve tranquilidade para finalizar e desperdiçou boas chances de gol.

Vitinho - 5,5: deu uma boa bola para Gabigol assim que entrou, mas ficou nisso.

Reinier - 5,5: roubou bem uma bola, mas acabou errando o passe para Gabigol.

Vinicius Souza - Sem nota: entrou nos minutos finais, não teve tempo para mostrar serviço.

Jorge Jesus - 6,0: o treinador não teve culpa se a pontaria do time estava descalibrada. No segundo tempo, porém, errou ao tirar Everton Ribeiro e Arrascaeta. Ele poderia ter deixado pelo menos um deles em campo, para criar chances de gol.

Diego Alves, que fez grande defesas e segurou a vitória, e Arrascaeta, autor do gol, foram os destaques do Flamengo na partida.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget