Confira o áudio do VAR que anulou pênalti em Athletico x Flamengo

COLUNA DO FLA: O Flamengo atingiu feito histórico no último domingo (13). Sob a batuta do Mister Jorge Jesus, o Mais Querido voltou a vencer o Athletico em Curitiba pelo Campeonato Brasileiro – quebrando uma marca que já durava 45 anos. Foi a primeira vitória do Fla na Arena da Baixada na história do Brasileirão e a liderança está mais garantida do que nunca, mas o apito final não veio sem polêmica.

A arbitragem de Bráulio da Silva Machado foi muito criticada por torcedores, jogadores, jornalistas e dirigentes. Nesta segunda-feira (14), o SporTV divulgou áudios das conversas entre a equipe de arbitragem da partida. O tema é um pênalti em Lucas Silva, que foi marcado mas cancelado em seguida por Machado.

Nas gravações, não é possível saber quem está falando cada frase, mas se sabe que a conversa é entre os árbitros do VAR e o juiz de campo. É possível ouvir um dos envolvidos cravando: “É muito pênalti”.


A equipe de VAR, composta por Rodrigo Guarizo do Amaral, Marcio Henrique de Gois e Alex Ang Ribeiro – todos da federação paulista -, debate o lance. Uma voz pede melhor visão sobre o lance, enquanto outro envolvido crava que foi pênalti claro. No fim, uma terceira voz questiona os dois e encerra a discussão contrariando a decisão do árbitro de campo.

– Mais devagar, mais devagar

– Vou parar na hora que ele pisa no pé.

– Para na hora que ele pisa no pé. Você lembra a hora?

 Essa aqui também, não?

 Mostra a outra que tem do pé. Você consegue mostrar a outra?

– Isso, oh. Na esquerda ele pisa no pé.

– Tem mais de trás?

– Mais de trás é inconclusiva.

– Mais de trás é mais que pênalti.

– Essa daqui é pênalti, olha.

– Deixa eu ver de novo…

– Parece, cara… parece pênalti.

– Essas estão mais lentas...

– Ele não muda nem o movimento da perna dele. Se tocasse, a perna dele viria para trás. Nem vem... Como é que nós vamos deixar um negócio desses?

No lance, Lucas Silva driblou Léo Pereira e acabou derrubado dentro da área. Bráulio da Silva Machado assinalou a infração, mas acabou consultando o VAR e, em decisão considerada injustificável por diferentes comentaristas de arbitragem, anulou a penalidade.

A polêmica não parou por aí. Cartões amarelos para Jorge Jesus e Bruno Henrique foram questionados. Na súmula, Machado justificou as advertências com supostos xingamentos, mas não descreveu o que ouviu.

Na coletiva de imprensa após o apito final, Jorge Jesus foi duro nas críticas ao juiz e afirmou que ele deveria se afastar do futebol e tirar férias. Após o jogo, o vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, também veio a público falar da atuação do árbitro. O dirigente aproveitou para atacar também cartolas de clubes paulistas que falaram que o Rubro-Negro seria beneficiado pelas atuações do VAR no campeonato.

É possível ouvir um dos envolvidos cravando: “É muito pênalti”.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget