Dois clubes já perderam o título Brasileiro após abrirem 8 pontos

EXTRA GLOBO: Marcello Neves

Ainda não é possível cravar que o Flamengo será o campeão brasileiro de 2019, mas já dá para dizer que o clube está bastante confortável na liderança. Após vencer o Atlético-MG, nesta quinta-feira, no Maracanã, a equipe de Jorge Jesus (55) abriu oito pontos de distância do Santos (47), segundo colocado, e atingiu um feito expressivo na história dos pontos corridos: apenas dois clubes não ficaram com o título após abrirem esta vantagem. É a maior vantagem do clube na história dos pontos corridos. A marca anterior era de seis pontos, no Brasileiro de 2018.

Curiosamente, o próprio Flamengo foi um deles. Em 2009, virou o turno na 10ª colocação e esteve a 10 pontos de distância do Palmeiras, que era o líder naquela ocasião. O rubro-negro emplacou uma sequência de 12 vitórias, quatro empates e apenas uma derrota para definir o título liderado por Adriano e Petkovic.

Reinier e Gerson no Flamengo - Foto: Marcelo Cortes
A outra situação aconteceu com o São Paulo em 2008, que tirou 11 pontos de vantagem do Grêmio, o líder até a 33ª rodada daquela competição. A equipe comandada pelo então técnico Muricy Ramalho confirmaria o tricampeonato consecutivo contra o Goiás, na última rodada.

Outra situação favorável ao Flamengo é que, das 16 edições de Campeonato Brasileiro de pontos corridos, dez vezes o campeão liderava na 24ª rodada. Apenas Fluminense (2005), Grêmio (2008), Palmeiras (2009), Corinthians (2010), Vasco (2011) e Internacional (2018) contrariam os dados.

O Flamengo volta a campo no próximo domingo para enfrentar o Athletico, às 16h, na Arena da Baixada.

É a maior vantagem do Flamengo na história dos pontos corridos. A marca anterior era de seis pontos, no Brasileiro de 2018.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget