Fábio Santos compara times de Flamengo e Palmeiras

COLUNA DO FLA: Depois de conquistar um ponto fora de casa contra o Palmeiras, o Atlético-MG tentou repetir a tática contra o Flamengo, mas não deu certo. A equipe mineira se fechou no campo de defesa e ao invés de assustarem nos contra-ataques, perderam por 3 a 1.

Após a partida, o lateral-esquerdo Fábio Santos falou sobre a estratégia passada pelo treinador Rodrigo Santana, mas afirmou que a qualidade do Flamengo fez com que o estilo de jogo adotado no Maracanã não desse certo.

Rafinha e Fábio Santos em Flamengo x Atlético-MG - Foto: Marcelo Cortes
– A estratégia foi igual à do (jogo contra o) Palmeiras, de tentar segurar o máximo possível, tentar sair no contra-ataque e achar uma bola, como achamos no segundo tempo. O que mais machuca é tomar um gol de bola parada. Não pode tomar um gol assim em um jogo desse tamanho. Correr o que a gente vem correndo, marcar o que a gente vem marcando e tomar um gol de bola parada. No segundo tempo também, depois que empatamos. Em outros jogos a gente permanece pouco tempo com o empate ou vencendo o jogo. A gente cede um gol para o adversário. O Problema é que o time deles é bom, depois o desgaste foi grande, e eles acabaram matando o jogo no 3 a 1 -, disse o camisa 6.

Contra o Atlético-MG, o Flamengo chegou ao 11º jogo seguido sem perder. Desde a derrota para o Bahia, há dois meses, o Rubro-Negro venceu dez partidas e empatou em oportunidades, contra o São Paulo.

Ele afirmou que a qualidade do Flamengo fez com que o estilo de jogo adotado no Maracanã não desse certo.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget