Flamengo projeta jogo duro na Arena da Baixada

ESPN: O Flamengo vem sobrando na turma no Campeonato Brasileiro e após a vitória de 3 a 1 sobre o Atlético-MG, na noite de quinta-feira, abriu oito pontos de vantagem para o Santos e o Palmeiras, que dividem a segunda colocação. Porém, neste domingo, às 16 horas (de Brasília), pela 25ª rodada, o campeão carioca terá um grande desafio: o Athletico Paranaense na Arena da Baixada, em Curitiba (PR). Tradicionalmente o Flamengo sofre quando joga lá.

No ano passado o Flamengo perdeu por 3 a 0 no estádio atleticano. Este ano os dois times empataram pela Copa do Brasil, porém, o Furacão acabou eliminando o time do técnico português Jorge Jesus.

Everton Ribeiro durante Flamengo x Atlético-MG - Foto: Marcelo Cortes
“Vai ser um jogo muito complicado, pois o Athletico Paranaense tem um time muito forte e não conquistou o título da Copa do Brasil por obra do acaso. Joga em casa e conta com o apoio de sua torcida. O Flamengo sabe que terá um dos jogos mais complicados, mas temos que estar preparados para fazermos uma grande partida e conquistarmos o resultado positivo”, disse o atacante Vitinho.

O lateral-esquerdo Renê concorda. “Jogo muito complicado, pois o Athletico Paranaense sempre exige o limite de qualquer time que pensa em ganhar jogando na casa deles. O Flamengo sabe que as dificuldades que sempre encontra lá serão as mesmas e que precisamos estar em um nível muito bom em campo para atingirmos os nossos objetivos neste jogo. É hora de mais uma vez jogarmos no limite em busca do resultado”, disse o jogador.

O elenco do Flamengo fez um trabalho regenerativo nesta sexta-feira e apenas minutos antes do confronto o treinador vai revelar a escalação que pretende mandar a campo. Ele continua com uma série de desfalques. O zagueiro Rodrigo Caio e o atacante Gabigol estão servindo à Seleção Brasileira em amistosos internacionais. Jorge Jesus segue sem poder contar com o lateral-esquerdo Filipe Luís e com o meia uruguaio De Arrascaeta, ambos se recuperando de lesão no ligamento colateral medial do joelho esquerdo. O primeiro corre para participar no dia 23 de outubro do duelo contra o Grêmio pela rodada de volta das semifinais da Copa Libertadores.

Já o uruguaio, que também sofre com uma lesão no menisco medial do joelho esquerdo, tem retorno previsto para novembro. Além deles, o meia Diego, que teve que se submeter a uma cirurgia por conta de lesão ligamentar no tornozelo esquerdo, e o atacante Lincoln, lutando contra estiramento muscular na parte posterior da coxa direita, seguem sem previsão de retorno. A delegação viaja neste sábado para o Paraná.

Este ano os dois times empataram pela Copa do Brasil, porém, o Furacão acabou eliminando o time do técnico português Jorge Jesus.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget