Jesus pegou o Fla a 8 pontos do líder; Hoje, está a 8 na liderança

UOL: A vitória do Flamengo por 3 a 1 sobre o Atlético-MG representou a consolidação da liderança no Campeonato Brasileiro, com uma boa vantagem: oito pontos para o vice-líder Santos e o terceiro colocado Palmeiras, mas não só. O triunfo também levou o Fla a uma simetria em especial em relação ao time alviverde que evidencia sua arrancada sob o comando de Jorge Jesus.

Isso porque o Palmeiras liderava a competição quando o português foi contratado. A vantagem sobre os rubro-negros? Precisamente os oito pontos que os cariocas ostentam de frente após a rodada do meio de semana. Quer dizer: nesse período, foram 16 pontos de saldo para o clube carioca.

Jorge Jesus com jogadores do Flamengo aplaudindo a torcida - Foto: Marcelo Cortes
Já são 15 partidas pelo Brasileirão com o "Mister" no comando. Até aqui ele soma nada menos que 12 vitórias, dois empates e somente uma derrota. Neste mesmo recorte, os palmeirenses ganharam cinco, perderam três e empataram sete.

"É uma equipe que parece que trabalha comigo há três anos. Isso é fácil pela qualidade dos jogadores. Penso que vou deixar um legado não só no Flamengo, mas no futebol brasileiro. Nossa forma de jogar é totalmente diferente de todas as equipes, mas só deixa raízes quem ganha. Sentimos orgulho do nosso trabalho e também por estarmos no Flamengo", decretou Jorge Jesus.

Após mais um triunfo, fica evidente que o Fla vai cultivando um ambiente de campeão. Entre os dirigentes, sorrisos e abraços. Nas palavras dos jogadores, no entanto, a cautela é absoluta.

Mesmo com o caminho cada vez mais aberto, o discurso é bem ensaiado dentro do grupo. Palavras como "trabalho", "foco" e "concentração" são usadas com frequência. Um dos maiores nomes do Flamengo do "Mister", Willian Arão pregou mobilização, mas reconheceu que os rivais têm uma tarefa cada vez mais difícil:

"São oito pontos, não podemos fechar os olhos para isso. Faltam muitos jogos, mas claro que não podemos fechar os olhos para essa vantagem".

Em meio ao desgaste do calendário e as baixas provocadas por lesões e a convocação da seleção brasileira, o Fla tem pouco tempo para respirar até o próximo compromisso. No domingo (13), a equipe visita o Athletico, 16h, na Arena da Baixada. Em um território que costuma ser hostil para os rubro-negros, o plano é deixar os rivais ainda mais longe na corrida pelo título.

O triunfo também levou o Flamengo a uma simetria em especial em relação ao time alviverde que evidencia sua arrancada.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget