Jesus reclama pelo Flu 'sempre jogar antes' que o Flamengo

GLOBO ESPORTE: Jorge Jesus terminou o jogo contra o CSA contrariado. Mesmo após a vitória por 1 a 0 na noite deste domingo, no Maracanã, o Mister não gostou do desempenho da equipe. Em coletiva de imprensa, o treinador enumerou os motivos para a atuação abaixo do padrão imposto desde a chegada ao clube.

- Foram vários pormenores. Viemos de um jogo que nos deu a possibilidade de estar na final da Libertadores. Tentamos ao máximo celebrar a vitória. No dia após o jogo, nos recuperamos dos festejos e o fato de estarmos na final teve influência, assim como o calor do Maracanã e o gramado. É impossível ter qualidade de jogo com um gramado... Só não consigo entender porque o Fluminense não joga depois do Flamengo, joga sempre antes. Isso contribuiu para falta de velocidade na circulação de bola.

Jorge Jesus - Foto: Alexandre Vidal
- Foi um jogo onde o CSA teve duas ou três chances para finalizar e fazer gols. Mas também geralmente somos mortíferos e não desperdiçamos tantas oportunidades. Tivemos mais chances de fazer o 2 a 0. Essa foi uma constante do jogo. Tentamos controlar ao máximo o resultado. O Flamengo não vai sempre jogar ao nível top. Ou por méritos do adversário ou por estarmos tão bem. Não fizemos uma partida como quarta-feira, não fomos tão rápidos com e sem bola, mas o importante foi ter vencido, somar pontos e faltam dez jogos.

Quatro dias após garantir vaga na decisão da Libertadores, o português fez questão de destacar que a exigência no Brasileirão é a mesma cobrada na competição continental.

- Nosso sonho é o sonho dos torcedores. Mas vim ao Brasil com dois objetivos definidos: final da Libertadores e ser campeão do Brasileiro. E isso ninguém vai tirar. Nunca coloquei a frente a Libertadores em relação ao Brasileiro. Vamos jogar até lá em Porto Alegre com o Grêmio e aí vamos pensar. Aqui dá uma sensação que não se valoriza muito ganhar o Brasileirão - afirmou Jesus.

Com 67 pontos, o Flamengo segue a 10 do vice-líder Palmeiras. Na quinta-feira, às 20h (de Brasília), a equipe encara o Goiás, no Serra Dourada.

Em coletiva de imprensa, o treinador enumerou os motivos para a atuação abaixo do padrão imposto desde a chegada ao clube.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget