Mauro Beting: Dá gosto de ver esse Flamengo

BLOG DO MAURO BETING: Tem quem aponte 99% de chances de título brasileiro para o time que estava 8 pontos atrás do líder A.J. e abriu agora 10 de vantagem D.J. Tem quem dê 97% de probabilidade de hepta. A mais conservadora expectativa é de mais de 90%.

Mas não tem ninguém que a 11 rodadas da volta olímpica rubro-negra, opa, da última rodada do BR-19 não considere o que a bola já passou recibo. O Flamengo merece muito conquistar depois de 10 anos um dos mais indiscutíveis títulos do Brasileirão.

Ainda não tem nada definido. Ou melhor: definitivo. Mas está tudo bem encaminhado como o céu é do Bruno Henrique, que com 3 minutos de Fla-Flu subiu leve e solto por esse time que é solto mas acaba pesado demais para todos os rivais. Pela tal intensidade que tanto se fala e se quer. Mas que só o Flamengo de JJ parece capaz de fazer.

Vitinho e jogadores do Flamengo - Foto: Marcelo Cortes
Com 20 minutos de clássico a bola já se oferecia por mais de 80% do tempo para o grande líder. Melhor: o Flamengo a jogava bem e bonito e ainda trabalhava bastante para a recuperar contra um Fluminense que tem poucas soluções para jogar mais. Sufoco não é só jogar contra esse time. É também não ser sufocado pela impressionante volúpia de jogo do Flamengo.

Algo que se administra por ora muito bem. Na segunda etapa do Fla-Flu, os próximos 90 minutos duríssimos de Libertadores contra o Grêmio meio que entraram em campo no Maracanã. O time tirou o pé da garganta da equipe tricolor. Marcão e os seus até tentaram algo mais. Mas aos 20 não tinha como. O grande time faz gol de qualquer jeito. Até meio sem jeito. Uma sucessão de lances errados deram muito certo até Gerson fazer o vapo-vapo e ampliar contra seu ex-time.

O que é vapo-vapo? Pergunte ao Gerson. O que é jogar muito como se estivesse há anos no time? Gerson sabe a resposta.

Lei do Ex? Também. Mas é muito mais Lei do time que se impõe em qualquer jogo e campo.

Dá gosto de ver esse Flamengo. Imagino o prazer de torcer por essa equipe.

Claro que um pouco de prevenção e cautela são necessárias. Não de ontem o Flamengo se perdeu algumas vezes por se achar antes da hora.

Desta vez, porém, nem aquele Flamengo ganhador de véspera pode se perder.

BOTA-TEIMA – Pênalti em Gabriel Barbosa que Anderson Daronco não viu em campo, mas o VAR poderia ter marcado, aos 10 minutos. Na segunda etapa, Pablo Mari poderia ter sido expulso.

Claro que um pouco de prevenção e cautela são necessárias. Não de ontem o Flamengo se perdeu algumas vezes por se achar antes da hora.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget