River Plate chegará descansada contra o Flamengo para final

GLOBO ESPORTE: A final da Libertadores está definida: River Plate e Flamengo disputarão o título em Santiago, no Chile, daqui a um mês. Difícil adivinhar as condições exatas em que estarão as duas equipes no dia 23 de novembro porque muita coisa pode acontecer até lá. Mas é possível afirmar, sim, que o River chegará mais descansado para a decisão.

Depois de eliminar o Boca Juniors na Bombonera na última terça-feira, os Millonarios terão uma semana inteira de descanso. Isso porque o Campeonato Argentino não terá rodada no fim de semana por causa das eleições presidenciais na Argentina, que acontecem no próximo domingo, dia 27.

Foto: Divulgação
Portanto, o River agora só volta a campo no dia 29 de outubro, sete dias depois do jogo que garantiu a classificação para a final da Libertadores. Até a decisão em Santiago, a equipe argentina fará um total de quatro jogos apenas. O Flamengo, por sua vez, terá seis.

- Não tenho muito mais a dizer porque quero festejar com os jogadores. Talvez amanhã nós voltemos a pensar em trabalho - limitou-se a dizer sobre o futuro o técnico Marcelo Gallardo depois de eliminar o Boca Juniors.

No próximo dia 29, o River Plate enfrenta o Colón no Monumental de Núñez, pelo Campeonato Argentino. Cinco dias depois, no dia 2 de novembro, vai até Mar del Plata para enfrentar o Aldosivi; recebe o Rosario no Monumental no dia 11 e, no dia 14, faz a semifinal da Copa da Argentina contra o Estudiantes Caseros.

A agenda do River Plate até a final da Libertadores:
29/10 - Colón, 21h20*, Monumental de Núñez (Argentino)
02/11 - Aldosivi, 20h*, Mar del Plata (Argentino)
10/11 - Rosario, 12h*, Monumental (Argentino)
14/11 - Estudiantes Caseros, horário e local ainda indefinidos (semifinal Copa da Argentina)
*horário de Brasília

Nota-se, portanto, que o River Plate terá nove dias para se preparar para a final da Libertadores no dia 23, ao passo que o Flamengo joga pelo Brasileirão no dia 17.

Discute-se na Argentina a possibilidade de que Marcelo Gallardo aproveite esse tempo para se recuperar no Campeonato Argentino. Com 10 partidas disputadas até aqui, o River venceu cinco e ocupa no momento a sexta colocação na tabela com 18 pontos - três atrás do líder Boca Juniors.

Com o sangue copeiro que corre em suas veias, o River Plate de Gallardo nunca venceu o Campeonato Argentino. A última vez em que o clube conquistou o campeonato doméstico foi na temporada 2013/14, ainda com Ramón Díaz como treinador.

Sem lesões, sem suspensões
Se a final da Libertadores acontecesse hoje, o River Plate teria a equipe completa. A equipe millonaria passou pelo Boca Juniors sem perder jogadores por lesão. Todas as substituições no jogo de terça foram por opção técnica: Paulo Díaz no lugar de Casco, Pratto no lugar de Borré e Scocco no lugar de Suárez.

Além disso, diferente do que aconteceu no ano passado, a equipe também não terá desfalque por causa de suspensão. Na final em 2018, Borré recebeu o terceiro cartão amarelo na semifinal contra o Grêmio e ficou fora dos jogos contra o Boca Juniors.

Isso porque o Campeonato Argentino não terá rodada no fim de semana por causa das eleições presidenciais na Argentina.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget