"Atropelaram. Não tem o que falar do Flamengo", diz Marcos

UOL ESPORTE VÊ TV: Convidado do Jogo Aberto desta quinta-feira, o ex-goleiro Marcos falou sobre o momento do Palmeiras, que encara o Fluminense às 19h30 pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Defendendo que o alviverde 'se acomodou' por conta dos últimos títulos conquistados, o ex-jogador fez questão de elogiar o Flamengo, campeão brasileiro e da Libertadores.

"O Palmeiras tem que terminar de cabeça erguida. Sabe que já tem o campeão do campeonato, mas é sempre bom ganhar", disse o palmeirense, se referindo à partida de logo mais.

Já sobre a temporada sem títulos do Verdão, Marcos ressaltou que uma 'derrota como a deste ano pode melhorar muito para o ano que vem'.

Foto: Divulgação
"Quando você ganha campeonatos, gera comodismo. É normal. Você vê no Real Madrid, ganhou uma Liga dos Campeões, duas, três, na quarta, os treinadores já estavam vazando. Acho que o Palmeiras, esse ano, deu uma acomodada. Falta de futebol é difícil, porque a gente sabe que todo mundo que está ali tem qualidade. O cara não se torna jogador profissional sem qualidade", opinou o ex-goleiro.

"Acho que se acomodou nas vitórias do ano passado e, esse ano, achou que ia conseguir títulos, mas a gente sabe que, para conseguir ganhar, você tem que, como se fala no campo, pôr a bunda no chão. Esse ano, deixou a desejar neste quesito. Esse ano, passou em branco, mas nada que, no ano que vem, não possa melhorar. Uma derrota como a desse ano pode melhorar muito para o ano que vem. A gente aprende muito com derrota", completou.

Recordando parte de sua carreira no Palmeiras, como o título brasileiro da Série B em 2003, Marcos afirmou que o alviverde, hoje, 'está bem demais'. Além disso, o ídolo do Verdão explicou porque, mesmo após pendurar as luvas, segue defendendo o clube que o revelou.

"Eu tive a felicidade de jogar no time que eu gostava, né? Eu defendo o Palmeiras hoje por gratidão mesmo. O Palmeiras é o time mudou a minha vida, que me fez ser reconhecido, ter oportunidade na seleção, então, estou sempre lá dando uma defendida. Eu acho que é normal. O Palmeiras vem de uma sequência boa de títulos. Para quem jogou no Palmeiras na fase que eu tive a oportunidade de jogar, pô, nós estamos bem demais. E a gente sabe que os times grandes não vão ganhar todo ano. O importante do Palmeiras hoje é que tem um time competitivo, está brigando todo ano. A gente sabe, obviamente, que não vai ganhar sempre", contou.

Já sobre o campeão Flamengo, Marcos foi só elogios. Aproveitando a vitória, de virada, do rubro-negro contra o Ceará, o ex-goleiro exaltou o 'grande momento' do time de Jorge Jesus, que encara o Palmeiras no fim de semana.

"Atropelaram. Não tem o que falar do Flamengo este ano. Pode até tentar buscar qualquer defeito no time do Flamengo, mas você não acha. É um time que joga bonito, fez um campeonato, a partir de um momento, bem sólido, sem problemas. Pelo jogo de ontem, já deu para ver o quanto o Flamengo está sobrando, né? Porque era um jogo de ressaca, depois de muita festa, e jogou para caramba. Está vivendo um grande momento e nada mais justo do que ter sido campeão. Acho que, para o futebol brasileiro, é bom quando um time joga bem e é campeão, faz os outros correrem atrás", falou.

O ex-goleiro exaltou o 'grande momento' do time de Jorge Jesus, que encara o Palmeiras no fim de semana.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget