Brasileirão vira treino para o Flamengo

ENTRE AS CANETAS: Por Ricardo Gonzalez

O comandante rubro-negro não usará a festa da torcida ou o fato de o time receber nesta quarta, após o jogo com o Ceará, a taça de campeão nacional, para escalar ou não o time principal. Ele conquistou essa e a da Libertadores, mas ainda quer muito a do Mundial de Clubes e é para isso que começa a se preparar a partir de agora. Talvez não martele isso na cabeça do time, pois entende que, para o jogador, pensar muito à frente faz com que o time acabe perdendo o foco por agora. Mas ele continuará escalando o que tiver de melhor, dentro do parâmetro que estabeleceu com a Fisiologia do Flamengo, para deixar o time no nível máximo possível nos dias 17 e 21 de dezembro.

Foto: Divulgação
É evidente que, nesta quarta, muitos podem ser apontados pelo departamento médico e de fisiologia para não atuarem contra o Ceará. O time teve um desgaste mega na final da Libertadores, especialmente psicológico, o que acaba sendo de algum modo somatizado. Teve a viagem de volta, onde os atletas tiveram de dormir no avião, algo quase impossível dado o clima festivo. Depois passaram horas no domingo em cima de um caminhão, o que força a musculatura das pernas sem que se sinta o desgaste na hora, já que a festa e a emoção de estar no mar vermelho e preto são absolutamente prazerosas. Em resumo, os titulares do Flamengo devem estar "no bagaço".

Mas já contra o Palmeiras começam as sessões de treinos de luxo. E o tamanho de Jorge Jesus com os resultados fazem com que ninguém se atreva a contestá-lo. Nem haveria motivo. Até porque o Liverpool, se for completo e focado, é um rival dificílimo, embora não impossível de se vencer. Mesmo a semifinal, se não for encarada com seriedade, é perigosa, especialmente se for contra Al-Hilal, que tem bons jogadores como o colombiano Cuellar, o atacante francês Gomis e, principalmente o italiano Giovinco, um dos estrangeiros que mais sucesso fez na Major League Soccer (MLS) atuando no Toronto.

É que não dá para imaginar o Flamengo de hoje não encarar um amistoso que seja sem seriedade. Imagine jogos de um Campeonato Brasileiro, mesmo que para ele já decidido...

E o tamanho de Jorge Jesus com os resultados fazem com que ninguém se atreva a contestá-lo.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget