De Deus contém euforia do Fla: "Não somos campeões de nada"

GLOBO ESPORTE: Com Jorge Jesus suspenso, João de Deus comandou o Flamengo à beira do campo na vitória por 3 a 1 sobre o Bahia, neste domingo, no Maracanã. E nem mesmo a festa da torcida ao apito final, com direito a gritos de campeão, tiraram os pés do português do chão.

Em coletiva de imprensa após a partida, João fez questão de tirar a pressão do grupo e destacou os pontos em disputa no Brasileirão.

- Não temos pressão nenhuma porque não somos campeões de nada. Temos uma vantagem mas se não ganharmos os próximos jogos a vantagem dilui-se rapidamente. Não tem essa história de campeão. São 18 pontos em disputa e tomara que conquistemos todos. Seria sinal de título. Temos uma vantagem, mas se vacilarmos ela vai embora - afirmou.

João de Deus, do Flamengo - Foto: Divulgação
Em campo, o Flamengo saiu atrás no primeiro tempo, mas voltou do intervalo e marcou três vezes. Para João de Deus, o time ganhou o meio com a entrada de Reinier e espalhou o jogo com mais naturalidade.

- Com o Reinier tivemos mais capacidade no corredor central. O que desmontou a equipe adversária foi nossa capacidade de ganhar os corredores no segundo tempo. Ficamos mais fortes no desequilíbrio defensivo e vencemos com naturalidade. Uma equipe com 63% de posse de bola e 21 arremates, naturalmente foi melhor.

Em coletiva de imprensa após a partida, João fez questão de tirar a pressão do Flamengo e destacou os pontos em disputa no Brasileirão.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget