Flamengo estima receita superior a R$ 900 milhões em 2019

RODRIGO MATTOS: O título da Libertadores e a classificação para o Mundial de clubes devem elevar a receita do Flamengo neste ano a pouco mais de R$ 900 milhões. Esse é o número estimado no clube como "melhor expectativa" diante dos resultados recentes. Será a receita recorde de um clube brasileiro na história.

Até setembro de 2019, o clube tinha acumulado R$ 652 milhões de receita bruta. Quase metade deste montante tem origem na venda de jogadores que chegou a R$ 295 milhões. Com isso, estava claro que superaria o recorde anterior de receita em um ano, que era do Palmeiras, em 2018, com um total R$ 653 milhões.

Rodolfo Landim, presidente campeão da Libertadores pelo Flamengo - Foto: Alexandre Vidal
Mas a agremiação rubro-negra foi bem além desse valor. No último trimestre, acumula só com as premiações do Brasileiro e da Libertadores. Nesses dois torneios, foram R$ 83 milhões. Fora isso, houve a bilheteria da semifinal da Libertadores contra o Grêmio (R$ 8 milhões), entre outras partidas de boa arrecadação no Brasileiro. Há ainda pagamentos de TV relacionados ao Brasileiro, e um cota mínima pelo menos pela participação no Mundial.

A renda se aproximaria do R$ 1 bilhão se o Flamengo ganhasse o Mundial de clubes, o que geraria premiações pelos contratos de patrocínio além do prêmio da Fifa pela competição. Para ultrapassar a marca bilionária, a agremiação rubro-negra teria de obter uma receita extra além das previstas.

Até setembro de 2019, o clube tinha acumulado R$ 652 milhões de receita bruta.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget