Galiotte minimiza erros: "Cada um interpreta de uma maneira"

COLUNA DO FLA: Suspenso pelo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por ter alegado um favorecimento do VAR ao Flamengo, o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, voltou a ser assunto entre os rubro-negros e, desta vez, caiu em contradição após declaração dada depois de mais uma vitória do Palmeiras com atuação polêmica da arbitragem.

Antes afirmando existir “coincidências” na atuação do árbitro de vídeo em favor do Fla, o mandatário agora revelou estar de acordo com a presença da tecnologia e, se não bastasse, tratou como “tema polêmico” a discussão sobre a arbitragem.

- Nós não falamos de arbitragem. Falamos de outros temas, falamos da situação do Vasco, da situação do Palmeiras... Da perspectiva que a gente tem, e ele (Campello) falou um pouco do momento deles, do Vasco, da dificuldade... Enfim, dificuldade existe para todos. O futebol é desafiador em todos os momentos, não importa a posição em que você esteja na tabela, é sempre um desafio para todos os clubes.

- Eu não sei o que ele (presidente do Vasco) disse. Eu achei que o jogo parou demais, achei que podia ter tido um pouco mais de agilidade. Mas as informações que eu tenho é que tecnicamente a gente não teve nenhum erro grave, e eu acho isso é o mais importante. Eu sempre fui um defensor do VAR, continuo sendo. Acho que a tecnologia no futebol agrega, faz com que os resultados se tornem justos, com que os jogos se tornem mais justos.

- Arbitragem é sempre tema polêmico. O que a gente tem feito é apoiar continuidade do VAR. A tecnologia é exatamente importante, traz justiça. Existem lances interpretativos, polêmicos. A gente tem que entender que cada um interpreta de uma maneira. As reclamações são inerentes ao futebol, completou.



RELEMBRE A DECLARAÇÃO DE GALIOTTE CONTRA O FLAMENGO:

A infeliz declaração do presidente do Palmeiras foi proferida após o empate do Alviverde contra o Internacional, em rodada do Campeonato Brasileiro. Muito insatisfeito com a atuação do VAR, o mandatário disparou protestos para todos os lados e insinuou que o Flamengo estaria sendo beneficiado.

– Muitos lances o VAR não tem atuado em jogos do Flamengo. São coincidências, isso é fato. Para alguns clubes, o VAR trabalha. Para outros, não. Acho que cabe uma reciclagem, cabe uma revisão de conceito. Todos merecem ser tratados da mesma maneira –, disse ele, na ocasião.

Após roubar o Vasco, o Presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, tratou de minimizar os erros da arbitragem em São Januário.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget