Hoje, saiu o grito

BLOG DO BOLÍVIA: Foram anos aguentando a história do cheirinho. Zoação dos rivais e até dos que não são tão rivais assim. Mas hoje, na virada sobre o Bahia, finalmente saiu o grito de campeão do peito e da garganta do torcedor rubro-negro.

No primeiro tempo, a máquina não estava tão regulada como de costume. O Bahia, o mesmo Bahia que impôs a última derrota do Flamengo nesse Brasileiro, até tentou botar água no chopp de novo e saiu na frente com o gol contra do Arão.

Gabigol beijando a cabeça de Regis Rosing, repórter da Globo - Foto: Divulgação
Mas no segundo tempo as coisas voltaram ao normal. Todo mundo jogando muito. Filipe Luís voltou e gastou a bola. Everton Ribeiro joga fácil demais. Bruno Henrique, o mais decisivo de todos, é claro que fez o dele. E hoje teve o quê? Gol do Gabigol. Reinier, a cria do Ninho, também guardou o seu, de cabeça, depois de renovar seu contrato.

São 10 pontos de diferença. Já não tem mais ninguém no retrovisor. Hoje não deu pra segurar o grito, e é mais do que justo. Não precisa mais acionar o selo anti-zica, torcedor! Não existe zica nem secação no mundo que tire esse título do Flamengo. É festa no Maraca. É festa na favela!

Não precisa mais acionar o selo anti-zica, torcedor! Não existe zica nem secação no mundo que tire esse título do Flamengo.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget