João de Deus foi lateral e jogou em clube que homenageia Pelé

UOL: Fiel escudeiro de Jorge Jesus no Flamengo, o auxiliar João de Deus terá a chance de ver um Maracanã lotado aos seus pés amanhã (10), às 18h, quando a equipe encara o Bahia, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o "Mister" estará fora de combate. Natural, então, que passasse ao seu homem de confiança a missão de conduzir o Fla na busca de mais uma vitória. Próximo de Jesus desde que dirigiu o Sporting B (Jesus comandava a equipe principal na época), João de Deus foi um lateral esquerdo sem muito brilho no futebol lusitano. Natural de Setúbal, começou a dar os primeiros chutes no clube "Os Pelezinhos", que se dedica à formação de jovens e homenageia o "Rei do Futebol" em seu nome.

Foto: Alexandre Vidal
De lá, o agora rubro-negro passou pelos modestos Vitória de Setúbal, Barreirense, Lusitano Évora, Estoril, Seixal e Desportivo Beja. Ao pendurar as chuteiras, trabalhou como preparador físico até assumir a seleção de Cabo Verde e passar por clubes menores de seu país.

Convidado para dirigir o Sporting B, fortaleceu os laços com Jesus e seguiu o profissional para ser seu auxiliar direto no Al-Hilal, da Arábia Saudita. A parceria evoluiu e agora tem um novo capítulo, pelo Flamengo.

O profissional tem papel importante no dia a dia rubro-negro. Braço direito de Jesus, ele conversa muito individualmente com atletas, passa instruções de forma separada, e treina a equipe reserva da mesma forma que os titulares são orientados. Atua na preparação de treino e na análise de rivais.

Sob os holofotes, caberá ao assistente devolver a derrota sofrida para o Bahia, time responsável pela última derrota rubro-negra no ano. Para seguir firme na corrida pelo título, João de Deus tentará seguir os passos do mestre.

Mudança também no campo
Assim como o comandante, Rafinha também está suspenso pelo terceiro cartão amarelo e dará lugar a Rodinei. Sem Arrascaeta, ainda em recuperação de uma entorse no joelho esquerdo, Vitinho e Rodinei surgem como alternativas. Até a tarde de ontem, 59 mil ingressos haviam sido comercializados para a partida.

De lá, o agora rubro-negro passou pelos modestos Vitória de Setúbal, Barreirense, Lusitano Évora, Estoril, Seixal e Desportivo Beja.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget