Jogador do Santos cita o Flamengo como exemplo de planejamento

LANCE: O ano ainda não acabou, mas os torcedores do Santos estão preocupados com o planejamento do clube. Com a dúvida da permanência do técnico Jorge Sampaoli, o zagueiro Lucas Veríssimo lamentou a saída do superintendente de futebol Paulo Autuori. 

Autuori era o elo entre a diretoria do Santos e Sampaoli. Em seu lugar, entra William Thomas. Com dúvidas no planejamento, Veríssimo usou o Flamengo como exemplo em modelo de gestão. Há quatro anos, o Rubro-Negro carioca começou a se organizar, pagou dívidas e economizou. O dinheiro sobrou neste ano e com reforços de peso, o time carioca conquistou o Campeonato Brasileiro e a Libertadores.

Foto: Divulgação
- Acho que o clube acabou de perder um grande profissional, que foi o Autuori. Era um cara visionário que queria somar. Tinha ótimos pensamentos. Você via que poderia ter o crescimento. Já vinha planejando 2020, mas isso foi interrompido. O Willian já está pensando nisso e espero que faça um bom trabalho, porque o Santos merece brigar por títulos e tem que ser campeão. Está na hora de se sagrar campeão - afirmou Veríssimo, em entrevista coletiva, nesta quarta-feira, no CT Rei Pelé.

- Acho que hoje a gente pode pegar como exemplo o Flamengo. Eles investem pesado dentro de campo, mas conseguem um retorno tanto dentro como fora. É planejamento. O Santos precisa de um planejamento, algo que nos últimos dois anos tem tido pouco. Espero que o Santos melhore quanto a isso, o Santos merece isso. Quero ver o Santos brigando por títulos, mudando a postura e chegar a títulos - completou.

Veríssimo ressaltou que não criticou a diretoria e explicou que analisou o momento do clube por ser 'mais santista do que muitos aqui dentro'.

- Não estou criticando, o que estou falando é alguém que quer ver o melhor do Santos. Até falo em casa com meus familiares, sou mais santista do que muitos aqui dentro. Espero que o Santos melhore, porque quero ver um Santos grande - afirmou o jogador.

O Santos volta aos trabalhos na manhã desta quarta-feira antes de viajar ao Ceará para enfrentar o Fortaleza, nesta quinta-feira, às 20h, no Castelão, pela 35ª rodada do Brasileirão.

- Vai ser um grande jogo, duas grandes equipes. Vai ser um jogo aonde eles têm ideias parecidas. Jogar pra frente, jogar com a bola. Acredito que vai ser um grande espetáculo - concluiu o camisa 28.

O dinheiro sobrou neste ano e com reforços de peso, o time carioca conquistou o Campeonato Brasileiro e a Libertadores.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget