Jorge Jesus detona postura violenta do Botafogo contra o Flamengo

COLUNA DO FLA: O Flamengo encarou o Botafogo na noite desta quinta-feira (07) e chegou à 22ª vitoria no Campeonato Brasileiro. Com o placar de 1 a 0, o Mais Querido bateu o rival carioca em partida que ficou marcada pela postura agressiva de jogadores do time de General Severiano. Após o triunfo, o técnico Jorge Jesus rasgou o verbo.

Em entrevista coletiva concedida ainda no Engenhão, o treinador rubro-negro alegou que o Botafogo abdicou da bola para tentar um “caça ao homem”, ou seja, apelar para faltas e postura anti-jogo. Além disso, o Mister não perdeu a oportunidade de alfinetar o adversário.

Jorge Jesus gritando - Foto: Alexandre Vidal
– A equipe do Flamengo é melhor do que a do Botafogo, até pela classificação. Para parar uma equipe você tem que ter argumentos técnicos e táticos. Não é essa forma de parar a equipe, não é dessa forma que o Botafogo vai sair da zona de rebaixamento. Fizeram "caça ao homem", quiseram intimidar nossos jogadores. Não conseguiram. Sabíamos que faríamos o gol, declarou o treinador.

- Vitória importante, em um estádio que é difícil, ha dez anos o Flamengo não ganhava aqui. Um rival de história, com grandes jogadores no passado, como Garrincha e Amarildo. Hoje foi um jogo difícil. Foi mais difícil na primeira parte porque houve uma "caça ao homem" aos jogadores do Flamengo, completou o treinador do Flamengo.

Jorge Jesus reconheceu que o Flamengo não teve uma grande atuação, mas destacou a importância da vitória na corrida pelo título brasileiro. Ele admitiu que a expulsão de Luiz Fernando no início do segundo tempo contribuiu.

- Fizemos o gol com a entrada do Lincoln, algumas alterações táticas... Depois da expulsões tivemos mais gente do que a equipe do Botafogo. Mas os jogadores conseguiram superar as dificuldades. Não ganhamos com nota artística, mas ganhamos três pontos. Ganhamos de uma equipe que nunca quis ganhar, só quis fazer faltas e só sabe bater", finalizou.

Com a derrota, o Botafogo ficou em 17º no Brasileirão. Enquanto isso, o Flamengo se manteve na liderança, com oito pontos de vantagem sobre o Palmeiras. O próximo compromisso do Mais Querido será às 18h do domingo (10), contra o Bahia, no Maracanã.

O treinador rubro-negro alegou que o Botafogo abdicou da bola para tentar um “caça ao homem”, ou seja, apelar para faltas.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget