Jorge Jesus se declara ao Flamengo, mas deixa futuro em aberto

UOL: Após a homenagem que recebeu na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, em que recebeu o título de Cidadão Honorário da Cidade do Rio de Janeiro, o técnico Jorge Jesus concedeu uma entrevista coletiva e falou sobre o futuro no Flamengo.

O técnico, que comandou o time rubro-negro ao título da Libertadores e do Campeonato Brasileiro, salientou que o vínculo com o clube vai até maio e demonstrou um grande carinho pelo Flamengo. Porém, lembrou que, no futebol, muitas vezes o futuro é incerto.

"Tenho contrato com o Flamengo até maio. E, portanto, neste momento... Ainda há uma competição muito importante para o Flamengo, para o futebol brasileiro, para todos os jogadores, que é o campeonato do mundo [Mundial Interclubes]. Esse é nosso foco. As coisas vão ser resolvidas pelas forças das circunstâncias", disse ele, que completou:

Técnico do Flamengo, Jorge Jesus - Foto: Reprodução
"O futuro, no futebol, é ingrato. O que eu sei, hoje, é que vou continuar trabalhando no Flamengo com muito empenho. Se for pelo coração, claro que quero ficar. Neste momento, tenho paixão, mas, além disso, tem outros fatores que são importantes. Vamos, passo a passo, pensar o que é melhor para o Flamengo e melhor para mim. Decisões profissionais, não afetivas. As afetivas já estão no meu coração".

Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, também comentou sobre a possível extensão do contrato de Jesus. O mandatário rubro-negro afirmou que há a vontade do clube de permanecer com Jesus à beira do gramado e fez elogios ao treinador, salientando que as demonstrações de carinho da torcida podem influenciar na decisão do técnico.

"O contrato vai até maio e o que houve, na época da contratação, foi um acordo que, ao final da temporada, sentaríamos de novo e discutiríamos esse contrato. Veríamos a vontade de continuarmos juntos... Foi um desafio para ele. Saiu de Portugal, está longe da família. Então, teríamos de ver como seria a adaptação. Acho que as demonstrações de carinho e esse clima positivo podem influenciar na vontade dele em permanecer. De nossa parte, temos o interesse em ficar com ele. O que ele trouxe para o Flamengo e para o futebol brasileiro nesses últimos meses foi muito positivo", afirmou.

O presidente do Flamengo apontou ainda que acredita que há uma vontade mútua pelo "fico":

"Falta só a conversa, que ficamos de ter no final do ano. O contrato vai até maio e seríamos os últimos a querer interromper isso. Ainda não sentamos para conversar. No fundo, acho que de ambos os lados há a vontade de ficar".

Negociações por Gabigol
Landim também foi questionado sobre a permanência do atacante Gabigol, que tem contrato de empréstimo junto à Inter de Milão, da Itália, até o fim da temporada. De acordo com o mandatário, já há conversas avançadas com o clube italiano, mas o departamento de futebol deve negociar com Gabigol apenas após o fim da temporada, a pedido do jogador.

"Tivemos contatos iniciais com a Inter de Milão. Não temos nada ainda fechado com eles, mas muito bem encaminhado, acordado. Isso passa também pela vontade do jogador e precisaríamos nos acertar em termos salariais. Esses contatos são feitos pela área de futebol e o vice de Futebol, o Marcos Braz, já declarou que o próprio jogador preferiu que as conversas ficassem para o fim da temporada que, agora, foi estendida por causa do Mundial", lembrou.

Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, também comentou sobre a possível extensão do contrato de Jesus.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget