Liverpool decide ir com o time titular para o Mundial

GLOBO ESPORTE: O Liverpool já sabe como irá lidar com a maratona de jogos em dezembro. O time principal, sob o comando de Jürgen Klopp, viajará para o Catar, onde disputa o Mundial de Clubes. Neil Critchley, treinador da equipe sub-23, será o responsável por liderar o time contra o Aston Villa, na Copa da Liga Inglesa, um dia antes da estreia no torneio da Fifa, que também conta com o Flamengo.

O compromisso pelas quartas de final da Copa da Liga será no dia 17 de dezembro. No dia 18, os Reds enfrentam Monterrey, do México, ou Al Sadd, do Catar, ou Hienghène, da Nova Caledônia, pela semifinal do Mundial de Clubes. Sem revelar detalhes do planejamento, Jürgen Klopp foi perguntado sobre o apertado calendário que terá pela frente e disse que está seguro da decisão tomada.

– Estou bem. Nós tivemos que tomar uma decisão. Tomamos uma decisão, e está tudo bem. Sabíamos de 90% dos jogos que tínhamos. Haviam dois jogos que não estávamos com 100% de certeza, era o Mundial de Clubes, e decidimos ir. Então tomamos a decisão sobre a Copa da Liga, e assim decidimos – comentou o alemão.

Foto: Divulgação
Contra o Aston Villa, o Liverpool deve ter alguns reservas e vários jovens jogadores. Até a estreia no Mundial de Clubes, os Reds jogarão sete partidas, incluindo o duelo com o Napoli nesta quarta-feira pela Liga dos Campeões. Por isso, Klopp não pretende se preocupar com a competição no Catar no momento.

– É um cronograma difícil, claro, mas nós não pensamos na lista de jogos que temos nas próximas semanas ou meses. Pensamos no Napoli. Depois disso, vamos ver como enfrentamos o Brighton. Depois, o Everton, e depois, o Bournemouth, e depois o Salzburg, aí o Watford e então Catar. Tem muito para vir, mas no momento, minha preocupação é o Napoli – avaliou.

O lateral-esquerdo Robertson analisou o dilema do Liverpool pelo lado positivo. Sem dizer qual competição deveria priorizar, o escocês afirmou que os vários compromissos seguidos indicam o sucesso da equipe recentemente.

– É quase um elogio quando você olha para trás e mostra que a razão pela qual você tem todos esses jogos é porque você teve sucesso. Se você me perguntar para mim se troca minha medalha da Liga dos Campeões por menos jogos, eu com certeza vou dizer que não. Então, para mim, esses jogos são créditos para a gente por causa do nosso sucesso. É algo que temos que ver pelo lado positivo, não ver que vamos jogar dois jogos em 24 horas – declarou o lateral.

No Campeonato Inglês, o time de Jürgen Klopp também é líder, com 37 pontos: 12 vitórias em 13 jogos. O vice é o Leicester, com 28 pontos.

O treinador da equipe sub-23 será o responsável por liderar o time na Copa da Liga Inglesa, um dia antes da estreia no torneio que conta com o Flamengo.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget