"Me rendo ao maior do continente", diz Neto sobre o Flamengo

CRAQUE NETO 10: Que bonito que estava o estádio Monumental de Lima para a decisão da Libertadores entre River Plate e Flamengo, hein? Casa cheia para essa decisão de duas equipes que reunia muita qualidade dentro de campo. Duas potencias no continente. De um lado o time brasileiro recheado de jogadores ofensivos e de ótima qualidade técnica. Do outro uma equipe argentina de inteligência tática acima da média.

Aliás, os hermanos defendiam o título conquistado na temporada passada diante do arquirrival Boca Juniors. No banco dirigindo o Mengão o exaltado português Jorge Jesus, que de fato implantou uma forma mais ‘corajosa’ de jogar bola no Brasil. Do outro o Marcelo Gallardo, que foi meia dos bons e chegava em sua 15ª final em cinco anos de clube.

Berrio campeão da Libertadores pelo Flamengo - Foto: Marcelo Cortes
Esquema tático
O ex-camisa 10 montou um estilo de marcação por setor e fez algo que pouca gente faz por aqui: ‘agrediu’ a defesa rubro-negra. Em um desses lances a zaga bateu cabeça e a bola sobrou para o Borré fazer o único gol do jogo. O River controlava a partida com certa tranquilidade com uma marcação forte e pouquíssimos erros de passe. Já o Mengão o tempo todo demonstrava volume de jogo. Não desistia. E faltando dois minutos pra acabar o Gabigol – sempre ele – empatou em um lance despretensioso. Nem o torcedor rubro-negro esperava mais.

Pra coroar uma conquista incrível e a imagem de artilheiro implacável o Gabigol aproveitou o erro do zagueiro Pinola para marcar o gol da virada. O bicampeonato chegou após exatos 38 anos! Parabéns pra toda nação e para a diretoria do Flamengo. Fica aqui também a lembrança ao ex-presidente Eduardo Bandeira que zerou as dívidas do clube e começou toda essa história.

Estão falando que esse Flamengo do Jesus é o melhor time brasileiro do século 21. Estão falando também que essa turma é melhor que o esquadrão do Zico do início dos anos 1980. Sinceramente? Não acho isso. Mas quem sabe a partir de hoje começo a rever minha opinião.

Não torci para o Flamengo. Confesso. Mas me rendo ao maior do continente…. por enquanto. Porque logo mais tem o Mundial, viu?

Estão falando que esse Flamengo do Jesus é o melhor time brasileiro do século 21.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget