Números colocam Rafinha como um dos melhores laterais do país

LANCE: O tempo de estadia é curto, mas já é o suficiente para Rafinha ser uma das maiores referências da torcida do Flamengo nesta temporada. E dá para listar uma série de motivos relacionados à postura aguerrida do jogador, porém são os números que o permitem pleitear o status de principal lateral direito do país em 2019.

Hoje com as taças da Libertadores e do Brasileiro tatuadas, o defensor de 34 anos chegou ao rubro-negro e assumiu o então setor mais carente da equipe, somando 27 jogos até o momento (25 como titular). O seu aproveitamento individual é de 80% (20 vitórias, cinco empates e duas derrotas).

Rafinha emocionado com título da Libertadores pelo Flamengo - Foto: Faisal HQ
Somado a isso, é um dos líderes em assistências na sua posição no Brasileirão (4), possui 93,9% de aproveitamento em passes certos e 89,7% em desarmes bem-sucedidos na competição nacional, sendo, neste último fundamento, o melhor entre os atletas da posição - os números são do site Footstats.

Mesmo assim, Rafinha afirmou que não está preocupado com conquistas individuais quando questionado sobre a considerável possibilidade de estar na seleção do Brasileirão.

"Eu não ligo para essas coisas, não. Já passei dessa fase, mas, se for escolhido, ficarei muito feliz. Mas meu maior título é coletivo, quando o time sai campeão não existe prêmio melhor que esse. Se entrar para a seleção do competição vai ser uma maravilha, mas meu objetivo era ser campeão", falou Rafinha, que está presente no time ideal do prêmio Bola de Prata, da ESPN Brasil.

Com mais um ano e meio de contrato, Rafinha vive seu melhor momento da carreira atuando no futebol brasileiro. Natural de Londrina, começou sua trajetória atuando no Coritiba por duas temporadas antes de se transferir para o Schalke 04, em 2005, passando por Genoa, até chegar ao Bayern de Munique em 2011, clube que defendeu por oito temporadas consecutivas antes de chegar ao Flamengo, em junho deste ano.

Com Rafinha entre os titulares, o Flamengo volta a campo amanhã, no Allianz Parque, para visitar o Palmeiras, às 16h (de Brasília), pela 36ª rodada do Brasileiro.

Hoje com as taças da Libertadores e do Brasileiro tatuadas, o defensor de 34 anos chegou ao Flamengo e assumiu o então setor mais carente.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget