Abel vetou contratação de Gerson pelo Flamengo no início do ano

ESPN: Gerson chegou ao Flamengo não para realizar seu sonho de infância, mas sim para completá-lo. Uma realidade financeira complicada o afastou do rubro-negro e colocou o Fluminense em seu caminho. Separado do time que levava no peito, seu retorno foi de ilusão a realidade.

"A gente teve uma primeira conversa, mas não foi levada para frente, depois que o Mister chegou apresentaram meu nome para ele e ele pediu minha contratação. Foi difícil por isso sempre agradeço ao Bruno Spindel, Marcos Braz [vice-presidente], presidente [Rodolfo Landim] e ao Mister, que me pediu e fez de tudo para me trazer. O importante é que estou aqui e fui campeão Brasileiro e da Libertadores. Agora queremos ser campeões mundiais também", disse o volante ao ESPN.com.br.

Foto: Divulgação
Segundo informação divulgada pela Fox Sports e confirmada pela reportagem, o pai do volante chegou a negociar no começo do ano com o Flamengo, mas as conversas não andaram porque o técnico Abel Braga acreditava que tinha muitos jogadores para o setor.

Na segunda conversa entre as partes, no meio do ano, porém, a situação foi diferente, já que Jorge Jesus aprovou a vinda de Gerson, que estava cedido pela Roma à Fiorentina. O staff do atleta não queria outro empréstimo e gostaria de fazer uma venda.

Contratado no meio deste ano pelo Flamengo por 11,8 milhões de euros (cerca de 54,16 milhões), Gerson não poderia ter sido mais feliz em sua volta ao Brasil.

Sob o comando do Mister, ele brilhou nas conquistas do Brasileiro e da Libertadores. Além disso, foi vencedor do Prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet de melhor segundo volante.

"[A chegada de Jesus] Mudou para todos os jogadores, ele chegou e mostrou o plano de jogo dele. A gente abraçou da melhor forma possível e fluiu. É um cara inteligente, sempre quer 100%".

Além disso, viu sua comemoração com os dois braços cruzados na altura do pescoço em forma de "ceifada", chamada de "vapo", virar uma febre. Questionado pela reportagem sobre o significado do gesto, ele preferiu manter o mistério.

"Vapo é vapo, não posso revelar meus segredos (risos)", disse.

Neste sábado, o volante poderá conquistar o Mundial de Clubes contra o Liverpool. É a chance do volante ter uma revanche após ter sido eliminado pelos Reds - quando atuava pela Roma - na semifinal da Champions League na temporada 2017/18.

"Eu fiquei no banco naqueles jogos. Estamos focados e espero que possa dar certo", finalizou.

As conversas não andaram porque o técnico Abel Braga acreditava que tinha muitos jogadores para o setor.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget