Flamengo monta planejamento para 2020 com Jorge Jesus

EXTRA GLOBO: Diogo Dantas

O contrato de Jorge Jesus com o Flamengo vai até junho de 2020 e há apreensão, não pressa para definir a permanência do técnico português. O que o clube tem até agora é o compromisso do comandante da equipe em planejar a próxima temporada, movimento que já estava em curso antes dos títulos da Libertadores e do Brasileiro. E que vai se intensificar a partir desta terça-feira, na reapresentação no Ninho do Urubu.

Desde que o Flamengo alcançou as conquistas nos últimos dias que Jorge Jesus tem sido questionado sobre a renovação de seu vínculo. Em todas as vezes, deu respostas evasivas e, quando indicou algum caminho, deixou no ar um adeus. Internamente, no entanto, as conversas com a cúpula do futebol e o presidente, Rodolfo Landim, indicam que após o fim da temporada, em dezembro, o treinador tomará uma decisão para não atrapalhar o planejamento do clube.

Jorge Jesus, técnico campeão da Libertadores pelo Flamengo - Foto: Clever Felix / LDG News
Até lá, Jesus tem sido ativo na observação e indicação de jogadores para reforçar o Flamengo em 2020. E há otimismo da diretoria em contratações de impacto como as de 2019. Sobretudo com a perspectiva de mais receitas com os títulos conquistados. Mesmo que o técnico não sinalize ainda ser ele um dos reforços.

- Não penso nisso ainda. Estou apaixonado pelo Flamengo, mas a minha vida é esta, é uma vida de paixões, e com o tempo as paixões podem passar. Vamos dar tempo ao tempo. Tento não ligar muito a isso, não quero pensar nisso ainda, nessas pressões - declarou o técnico na chegada ao Brasil, em contato com a imprensa portuguesa.

Em Portugal, o retorno é visto como provável em função da distância da família e da ambição por comandar equipes de ponta na Europa. Para isso, será necessário chegar um convite na próxima janela de transferências, em janeiro. No Flamengo, o encantamento com a torcida, com o clube e com o país já era considerado um trunfo para a permanência.

Com os títulos conquistados, surgem novos argumentos. A parte financeira é uma questão delicada. Já que Jesus já tinha mercado para ganhar um salário maior do que o que recebe no Flamengo. Um aumento pode até acontecer, mas não que fuja do orçamento.

- A enorme demonstração de carinho que a torcida demonstra deve estar influenciando a vontade de permanecer. Da nossa parte, temos todo interesse de continuar por um tempo maior. É um trabalho revolucionário. O que ele trouxe para o futebol brasileiro foi positivo. Não era hora para conversarmos. No fundo existe a vontade de ficar - disse Landim, citando o empecilho que todos comentam.

- É um desafio grande dele sair de Portugal, ficar longe da família...

Desde que o Flamengo alcançou as conquistas nos últimos dias que Jorge Jesus tem sido questionado sobre a renovação de seu vínculo.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget