Flamengo será cabeça de chave na Libertadores de 2020

BLOG DO MARCEL RIZZO: Depois de aparecer em 2018 no pote 3 e em 2019 no 2, o Flamengo será cabeça de chave no sorteio dos grupos da Libertadores-2020, que ocorrerá no dia 18 de dezembro na sede da Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol), no Paraguai. E como atual campeão o time brasileiro será colocado diretamente no Grupo A. Outros dois do Brasil, Palmeiras e Grêmio, também devem ser cabeças de chave — os gaúchos precisam confirmar, via Brasileirão, que entrarão direto na fase de grupos, mas é o mais provável.

A Conmebol usa o ranking da Libertadores para definir em qual pote cada clube entra para o sorteio. São quatro potes, sendo o 1 com os times mais bem ranqueados, seguindo as posições no ranking para definir aqueles que entram no 2, no 3 e no 4. Este último, porém, recebe também aqueles times que chegam das fases iniciais, que no Brasil se acostumou a chamar de pré-Libertadores. Teoricamente, portanto, estar no pote 1 significa enfrentar adversários mais fracos na etapa de grupos da competição.

Flamengo campeão da Libertadores 2019 - Foto: Staff Images
A pontuação do ranking da Conmebol é complexa. Leva em conta a performance nos últimos dez anos na Libertadores, com o campeão mais recente levando mil pontos e o menos recente 100, mas também pontuando quem chega até as oitavas e até por vitória conquistada. Depois somam-se pontos de um coeficiente histórico de todas as edições, desde 1960, e por último pontuação para os campeões nacionais de cada um dos dez países filiados à Conmebol nos últimos dez anos. Campeonatos que têm dois campeões por ano, como clausura e apertura, se divide a pontuação.

A Conmebol deve divulgar o ranking para o sorteio da Libertadores-2020 em meados de dezembro, poucos dias antes do evento em Luque, na região metropolitana de Assunção. No último, River Plate (ARG) e Boca Jrs. (ARG) lideravam e devem manter as posições. Entre os dez primeiros, Grêmio, Palmeiras, Santos, Cruzeiro e Atlético-MG apareciam, mas mudará esse panorama no atualizado — o Flamengo estará entre os dez, apesar de não precisar do ranking para estar no pote 1 já que é o atual campeão.

Levantamento do blog aponta que, dentre os times já garantidos na fase de grupos, Flamengo, Boca Jrs, Nacional (URU), Peñarol (URU) e Palmeiras serão cabeças de chave. Grêmio e River Plate, se forem direto para essa etapa, também. Os gaúchos precisam terminar o Brasileiro até a sexta posição, o que é provável que aconteça, enquanto os argentinos precisam ganhar do pequeno Central Córdoba na final da Copa Argentina, o que também é provável — por enquanto, o atual vice-campeão só tem vaga certa pelo Campeonato Argentino a partir da segunda fase, ainda nos mata-matas iniciais. Nesse panorama entraria no pote 4 caso avance à fase de grupos.

Se Grêmio e River forem confirmados como cabeças de chave, restaria uma posição no pote 1 que, segundo levantamento, deve ficar com o Olímpia, do Paraguai, que ultrapassaria o Santos para estar nessa condição. O Atlético Nacional da Colômbia, bem posicionado no ranking, não conseguiu mais uma vez vaga na Libertadores.

O pote 2 tem, neste momento, posições mais abertas, mas é certo que o Independiente Del Valle, campeão da Sul-Americana-2019, estará nele, independentemente do ranking. Santos também, além do São Paulo, se confirmar via Brasileiro vaga direta na fase de grupos. Cerro Porteño (PAR) também estará no pote 2.

O Campeonato Brasileiro dá seis vagas para a Libertadores, quatro diretas para a fase de grupos e duas nas primeiras etapas de mata-mata. Como o Flamengo faturou o torneio continental este ano, e também o Nacional, abriu-se mais uma posição na tabela para a Libertadores, ou seja, o G-6 virou G-7. Mas o Athletico-PR, que já está na Libertadores via Copa do Brasil, aparece hoje na quinta posição do Brasileiro, portanto o G-7 neste momento é G-8. O Athletico estará no pote 3, já que sua pontuação não é alta. Em 2019 os paranaenses foram ao pote 2 porque eram os atuais campeões da Sul-Americana.

Entre os times que ainda podem aparecer na fase de grupos da Libertadores se alcançarem a sexta posição do Brasileiro (contando que o Athletico estará à frente), o Corinthians estaria no pote 2, assim como o Inter. O Goiás, surpresa da competição, entraria no pote 4 já que sua pontuação no ranking é nula — os goianos, porém, se classificarem para a Libertadores é mais provável que seja nas etapas iniciais. Times de um mesmo país não podem cair na mesma chave, com exceção se vierem das eliminatórias pré fase de grupos.

Outros dois do Brasil, Palmeiras e Grêmio, também devem ser cabeças de chave.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget