Gabigol tem noite para balançar as redes e se isolar na artilharia

LANCE: Esta noite será de emoções fortes para Gabigol. Ainda com o futuro indefinido, o camisa 9 falou em tom próximo ao de despedida na entrevista coletiva concedida na última quarta, véspera do confronto diante do Avaí, no Maracanã, às 20h, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. Será o seu adeus à torcida?

Gabigol chegou ao Flamengo como a maior esperança de gols do clube na temporada. E superou as expectativas. Virou, não só artilheiro nas campanhas vitoriosas do Brasileiro e da Libertadores, mas referência entre a garotada Brasil afora e o personagem mais reverenciado pelo torcedor rubro-negro.

Gabigol, do Flamengo, beijando o troféu da Libertadores - Foto: Alexandre Vidal
Certamente, o Maracanã será palco de sequenciais pedidos para que Gabriel Barbosa permaneça no Flamengo em 2020 - o clube, que garante ter um acordo verbal com a Inter de Milão, aguarda a definição do centroavante com receios. E o estádio lotado é sinônimo de boas lembranças para o atleta.

- São várias lembranças especiais do Maracanã. Eu me recordo de vários jogos, desde o Carioca. Foram poucos que perdemos em casa. Sentiram a força de nossa torcida. Foi um ano especial para todos os flamenguistas. Quem joga no Maracanã contra nós, sofre - comentou.

Apenas para cumprir tabela, a última partida do Flamengo no Maracanã em 2019 ficará marcada pelos pedidos de "fica" para Gabigol - e Jorge Jesus. Mas o goleador está em dias finais de empréstimo. Logo, a oportunidade para fazê-lo "balançar" e contribuir para a construção da imagem de ídolo é a ideal.

- Difícil me achar ídolo. Fica mais com vocês. Onde vou sinto o carinho da criançada. Esse do Palmeiras foi engraçado, porque o menino disse que queria um gol meu, apesar de ser Palmeiras. Acho que por causa da comemoração, cabelo diferente, gols... Tudo isso mexe - emendou Gabriel.

DE OLHO NA ARTILHARIA

Cabe destacar que, para o jogo desta noite, Gabigol não deve contar com a parceria de Bruno Henrique, a ser poupado por conta de desgaste físico. Isto significa que o camisa 9 pode se isolar ainda mais no topo da artilharia do Brasileiro. Hoje, está à frente do camisa 27 por três gols (24 a 21).

Certamente, o Maracanã será palco de sequenciais pedidos para que Gabriel Barbosa permaneça no Flamengo em 2020.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget